Segunda-feira
05 de Dezembro de 2016
Publicidade
Publicidade
Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016
Publicidade
Cariri
Juazeiro do Norte-CE: Homem morre em praça pública e corpo fica quatro horas a espera do rabecão
Homem morreu de causas naturais (Foto: Reprodução/TV Verdes Mares)
Em 11/12/2013 às 17:30

Por André Costa
 

A cena revolta e deixa claro a situação precária em que se encontra a saúde pública de Juazeiro do Norte. O corpo de um homem morto por causas naturais na manhã desta terça-feira, 10, ficou quatro horas caído na Praça da Bíblia, em frente ao Estádio Romeirão, a espera do Rabecão do Instituto Médico Legal (IML).

Em poucos minutos, a praça ficou repleta de populares revoltados com a situação. Um deles confirmou que uma ambulância foi até o local, mas, o homem já tinha entrado em óbito. “Os médicos disseram que como a morte teria sido por causas naturais não poderiam remover o corpo”.

Morto desde as 8 horas, o corpo do homem – que não possuía documento de identificação – só foi retirado do local cerca de cinco horas depois. Neste ínterim, militares do Ronda do Quarteirão isolaram a área. De acordo com o Soldado Ary, o motivo da demora foi pela “inoperância das viaturas do IML”.

O caso se repete a exatas duas semanas em que um homem passou mal e morreu a espera do resgate médico na calçada do cruzamento das Ruas São Francisco e São José (Centro da cidade). Naquela data, o homem esperou por quase seis horas até que uma ambulância chegasse – tarde demais – ao local. 

Em nota, o IML confirmou que a viatura estava quebrada na terça-feira, no entanto, o conserto já foi realizado e o atendimento normalizado nesta quarta.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira