Segunda-feira
05 de Dezembro de 2016
Publicidade
Publicidade
Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016
Publicidade
Poços vazios
Estiagem se agrava em Farias Brito e Caririaçu
Moradores mostram cisternas vazias e pedem regularização no abastecimento (Foto: Jornal do Cariri)
Em 21/01/2014 às 09:15

No município de Farias Brito, a população anda preocupada com a falta de água nas torneiras. Somente na zona rural, mais de seis mil pessoas estão dependendo de carros-pipa para terem abastecimento em casa. De acordo com a Cagece, empresa responsável pelo serviço na localidade, a escassez de chuvas tem provocado o esvaziamento dos poços, comunidades no Município. Segundo algumas autoridades, cerca de 20 mil habitantes estão sendo afetados.

Os moradores, entretanto, atribuem o problema a pouca quantidade de poços perfurados na cidade que, segundo eles, não corresponde à demanda da população local. A dona de casa Valéria Barbosa acredita que, para solucionar o caso, novos poços devam ser feitos. “Aqui, o ‘pipa’ faz tempo que não vem e as cisternas estão todas vazias. Estamos com necessidade de água até para beber”, afirma.

A Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente informou que encaminhou ofício à Defesa Civil, pedindo a regularização dos carros-pipa nas comunidades rurais e urbanas, além da visita de técnicos da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce) para fiscalizar o sistema de abastecimento de água local. O órgão estará na cidade entre os dias 27 de janeiro a 02 de fevereiro.

Caririaçu

A distribuição de água está acontecendo por meio de carros-pipa também em Caririaçu. Desde o ano passado, o município passa por dificuldades após o esvaziamento da principal fonte de abastecimento local, o açude São Domingos. Atualmente, o reservatório está com apenas 6,9% de sua capacidade total e a pouca água existente é imprópria ao consumo humano.

Segundo a Prefeitura, o projeto de construção de uma adutora, no valor de R$ 18 milhões, que levará água potável do açude Manoel Balbino (açude dos Carneiros), em Juazeiro, para o Município, não tem previsão para ser iniciada. Enquanto isso, mais de 26 mil moradores continuam racionando água.

Fonte: Jornal do Cariri 

Publicidade
Compartilhe
Comentários
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira