Sexta-feira
28 de Abril de 2017
Publicidade
Publicidade
Sexta-feira, 28 de Abril de 2017
Publicidade
Publicidade
12 mm
Chuva de granizo é registrada em Nova Olinda, no Cariri cearense
Chuva de granizo foi fotografada por moradores da cidade (Foto: Ronaldo Batista/Reprodução Facebook)
Em 11/01/2017 às 14:10

A chuva de 12 mm que banhou Nova Olinda, na noite dessa terça-feira, 10, também provocou queda de granizo em dois pontos da cidade. Moradores registraram o momento em que os pequenos cristais de gelo caíram no vilarejo Triunfo e no bairro Vila Alta.

O observador de medição de chuva da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) na cidade, Tarcísio Duarte, conta que a chuva de 12 mm começou às 18 horas. "Foi pouca coisa, questão de 20 minutos. Não teve granizo aqui no centro da cidade, mas, onde teve, a repercussão nas redes sociais foi grande", disse.

A linha de instabilidade, fortalecida por dois fenômenos meteorológicos que atuam no Estado, foi a responsável pela queda de granizo em Nova Olinda. A chuva com cristais de gelo já havia sido registrada nos municípios de Sobral e Martinópole, na última semana.

Essas chuvas são ocasionadas pela proximidade da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que provoca linhas de instabilidade em todos os municípios cearenses. Em paralelo, colabora para a formação das precipitações o chamado Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), que atua no Litoral Leste do Nordeste e favorece a chuva em regiões mais centrais do Ceará.

"Esses dois sistemas meteorológicos permitem o desenvolvimento acentuados de algumas nuvens de chuvas. Em algumas, aparecem cristais de gelos e gotas de água super frias", explica o meteorologista da Funceme, Raul Fritz.

Os cristais de gelo nas nuvens de chuva podem, ocasionalmente, cair na forma de pedras de gelo que derretem na queda. "São cristais pequenos, também fica difícil eles crescerem muito. As chuvas podem continuar nos próximos dois dias, mas a tendência é que diminuam no fim de semana", afirma Fritz.

A confirmação de granizo é relatada à Funceme pelos observadores de medição de chuva espalhados no Estado. Às vezes, os observadores não presenciam o fenômeno porque esses cristais de gelo ficam localizados em certos distritos ou bairros.

Fonte: O Povo

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira