Domingo
25 de Junho de 2017
Publicidade
Publicidade
Domingo, 25 de Junho de 2017
Publicidade
Publicidade
Polêmica
Fifa vê manipulação de resultado nas Eliminatórias e bane árbitro do futebol
Lamptey ainda pode recorrer à Corte Arbitral do Esporte (Foto: CAF)
Em 20/03/2017 às 14:40

A Fifa anunciou nesta segunda-feira uma dura punição contra o árbitro ganês Joseph Lamptey, que errou ao marcar um pênalti em duelo entre Senegal e África do Sul, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, em novembro. O juiz foi banido por toda a vida e não pode sequer trabalhar em atividades relacionadas ao futebol.

A Fifa não deu maiores detalhes a respeito da investigação, apenas que o árbitro foi encontrado manipulando o jogo. Em nota, a entidade ainda afirma que tem "tolerância zero" com manipulação de resultados e que está comprometida com a proteção da integridade do futebol. Lamptey ainda pode recorrer à Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês).

O lance aconteceu aos 42 minutos do segundo tempo. Após cruzamento da direita, o zagueiro Kalidou Koulibaly, do Napoli, dominou a bola com o joelho e fez o corte para a linha de fundo. Lamptey, porém, surpreendeu os dois times ao marcar pênalti, apontando que o defensor havia tirado com a mão.

A África do Sul em seguida marcaria o segundo gol, vencendo por 2 a 1 em casa e assumindo a vice-liderança do Grupo D, com os mesmos quatro pontos que Burkina Fasso. Senegal aparece com três em terceiro.

Fonte: Estadão Conteúdo

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira