Sábado
17 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Sábado, 17 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Campanha

Caminhada reúne 1.500 pessoas contra abuso infantil em Milagres

Campanha da prefeitura reúne 1.500 em caminhada contra abuso infantil em Milagres (Foto: Assessoria de Imprensa)
Em 19/05/2017 às 13:30

Por Felipe AZevedo/Agência MIséria
 

Uma programação entre os dias 15 e 18 de maio, marcou a participação de Milagres na campanha contra o abuso infantil. Debates, panfletagens e uma missa na Igreja Matriz Nossa Senhora dos Milagres fizeram parte do evento. O ponto de destaque da programação foi a caminhada que aconteceu na quinta-feira, 18.

Cerca de 1.500 pessoas entre organizadores, escolas e instituições participaram do movimento, organizado pela Assistência Social do município, com apoio do Creas, Setas, Acom e SOAf.

Em 18 de maio é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A data remete ao dia 18 de maio de 1973, quando a Araceli Crespo, de 8 anos, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta em Vitória (ES). Os agressores nunca foram punidos.

A secretária Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Claudia Vidigal, destaca que o enfrentamento a esses crimes no Brasil passa por uma mudança cultural. “Esse crime deve deixar de ser naturalizado e banalizado e passe a ser tratado como de fato ele é: um crime hediondo, com penas duras e rígidas”, afirma.

No dia 8 de maio, o presidente Michel Temer sancionou duas novas legislações relacionadas ao tema: a Lei nº 13.440 /2017, que estipula pena obrigatória de perda de bens e valores em razão da prática dos crimes tipificados como prostituição ou exploração sexual; e a Lei nº 13.441/2017, que prevê a infiltração de agentes de polícia na internet com o fim de investigar crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes.

O presidente também sancionou, em abril, a Lei nº 13.431/2017, que estabelece a escuta especializada e o depoimento especial para crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira