Terça-feira
22 de Agosto de 2017
Publicidade
Publicidade
Terça-feira, 22 de Agosto de 2017
Publicidade
Publicidade
Será investigado
PM deixa arma como garantia de dívida com suspeito de tráfico no Piauí
Arma foi encontrada com empresário suspeito de tráfico (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Em 11/08/2017 às 20:00

Um policial militar será investigado pela Polícia Civil, após a arma dele ser encontrada com o empresário preso por tráfico de drogas durante a Operação Barlavento, em Parnaíba, no Litoral do Piauí. Na ação, outros seis suspeitos de integrar a quadrilha foram presos.

"Durante a busca e mandado de prisão contra o empresário do ramo automotivo, nós encontramos na casa do suspeito uma pistola de uso exclusivo da polícia. Ele confessou que a arma pertencia a um sargento e estava em sua posse como garantia de uma dívida", explicou o delegado Tales Gomes, da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre).

Segundo o delegado, o policial já foi identificado e será ouvido em um momento oportuno. Já o empresário preso é apontado como agiota, que lucrava com o empréstimo de dinheiro para a compra de drogas.

"O empresário sabia da finalidade dos empréstimos que fazia e por isso foi preso. Independente se o policial deixou a arma como garantia de uma dívida de droga ou dinheiro, essa atitude é inadimissível. Vamos fazer a oitiva do oficial e encaminhar o caso para a a Polícia Militar", destacou.

A investigação durou cerca de um ano e comprovou a ligação dos suspeitos presos com a grande quantidade de droga apreendida meses atrás pela Depre. Conforme o delegado, os 20 quilos de maconha apreendidos na Rodoviária de Parnaíba e os 43 quilos encontrados em bagagem no Terminal Rodoviário de Teresina seriam destinados a quadrilha.

"Os outros suspeitos presos atuavam na venda e compra de drogas. Todos eles foram encaminhados para a Penitenciária Mista de Parnaíba e serão ouvidos em breve. Diante de novos fatos não descartamos novas prisões", acrescentou o delegado.

Fonte: G1

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira