Terça-feira
26 de Setembro de 2017
Publicidade
Publicidade
Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
Publicidade
Publicidade
Agenda
STF julga pedidos de Temer contra Janot nesta quarta-feira
Advogados pedem a suspeição do procurador-geral da República nos casos envolvendo o chefe de Estado e ainda que ele fique impedido de apresentar nova denúncia envolvendo o presidente (Foto: Divulgação)
Em 13/09/2017 às 11:15

O pedido feito pelo presidente Michel Temer, para impedir o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de atuar nos processos envolvendo o chefe de Estado, será julgado pelos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (13).

Para os advogados de Temer, Janot protagoniza uma perseguição pessoal ao presidente e, por isso, querem a anulação das investigações e da denúncia por corrupção passiva, já apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e rejeitada na Câmara, no dia 2 de agosto.

Também hoje, os membros da Corte analisarão outro pedido da defesa, dessa vez para impedir o andamento de eventual nova denúncia oferecida pelo procurador-geral da República, até que sejam investigadas irregularidades no acordo de colaboração premiada de executivos do grupo J&F, ou até a análise final da suspeição de Janot.

Os dois julgamentos ocorrem a alguns dias do fim do mandato de Janot à frente da PGR, que se encerra no próximo dia 17. Até lá, a expectativa é de que ele apresente uma nova denúncia contra Temer, dessa vez por obstrução de justiça e organização criminosa.

 

noticiasaominuto

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira