Sábado
26 de Maio de 2018
Publicidade
Publicidade
Sábado, 26 de Maio de 2018
Publicidade
Publicidade
Câmara de Juazeiro

Gledson afirma que está um fardo presidir e pede paz para trabalhar

Por João Boaventura Neto
Em 13/09/2017 às 11:45
Compartilhar
Gledson Bezerra usa Tribuna de Honra para fazer desabafo, afirma que está um fardo presidir a Câmara e pede paz para trabalhar (Foto: Guto Vital/Agência Miséria)

O presidente da Câmara de Juazeiro do Norte, vereador Gledson Bezerra (PMN), fez um desabafo ao final da sessão dessa terça-feira (12) e afirmou que tem sido um fardo presidir a Câmara com tudo que está acontecendo.

Gledson lembrou dos escândalos que a Câmara passou nos últimos anos e que a Casa hoje tem transparência. Todos os meses são feitas prestações de contas no Plenário. 

O presidente listou também as melhorias que foram realizadas, como a aquisição de computadores e câmeras de vídeo para as transmissões das sessões via internet. “Há mais de 20 anos que um servidor usava a moto dele e botando gasolina do bolso dele. A Câmara comprou um moto”(sic), revelou.

Destacou também que o motivo de não passar mais assessorias para os vereadores. De acordo com Gledson, é por conta das dívidas que a Casa ainda tem e que foram herdadas de gestões passadas. 

Gledson Bezerra usa Tribuna de Honra para fazer desabafo, afirma que está um fardo presidir a Câmara e pede paz para trabalhar (Foto: Guto Vital/Agência Miséria)



Sobre o orçamento, o presidente foi taxativo em dizer que vai ser 6% porque assim determina a Constituição Federal. Segundo Gledson, a estimativa é que passe dos R$ 13 milhões de reais para R$ 15 milhões de reais.

Gledson ponderou que pretende economizar mais de R$ 1 milhão de reais até o final deste ano. “A pretensão é ter uma Casa Legislativa enxuta em 2018 e respeitar os vereadores por igual” afirmou lembrando ainda que antes a discussão é sobre escândalos e hoje é sobre o que fazer com tanto dinheiro.

O gestor da Câmara disse ainda que está sendo vítima de perseguição, de conchavos e picuinhas. Afirmou que está se documentando e que no momento certo vai publicar. Gledson finalizou sua fala pedindo paz para trabalhar e que sempre vai dá uma destinação correta a verba da Câmara.

Assista ao pronunciamento 

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira