Sábado
21 de Outubro de 2017
Publicidade
Publicidade
Sábado, 21 de Outubro de 2017
Publicidade
Publicidade
Mulheres mortas
Setembro terminou com duas mulheres assassinadas no Cariri e o ano é 28,5% mais violento
Patrícia e Silvana foram assassinadas no bairro Barro Branco em Crato (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)
Em 12/10/2017 às 06:30

Por Demontier Tenório
 

O mês de setembro terminou com o registro de duas mulheres assassinadas na região do Cariri, sendo ambas em Crato após um mês de agosto com o registro de sete homicídios contra pessoas do sexo feminino. Nos nove primeiros meses deste ano já são 21 mulheres mortas contra 15 na comparação com igual período do ano passado ou seis a mais representando 28,5% de aumento no feminicídio.

Na comparação dos meses de setembro deste e do ano passado houve um crescimento de 100% com um a mais este ano. Em 2017, mulheres tombaram mortas em nove cidades da região, sendo uma no mês de fevereiro, quatro em março, três em maio, quatro em junho, sete em agosto e duas no mês passado. De acordo com levantamento feito pelo Site Miséria foram sete mulheres assassinadas em Juazeiro ou 33,3% de todo o Cariri, Crato com quatro, Missão Velha, Barbalha e Caririaçu com duas cada e as demais em Mauriti, Jati, Brejo Santo e Farias Brito.

No dia 16 de setembro foi encontrado o cadáver esfaqueado de Patrícia Gomes de Mesquita, de 36 anos, que residia no Conjunto Nossa Senhora de Fátima em Crato, após cinco dias desaparecida. Estava num despenhadeiro perto da Faculdade de Agronomia e a mesma tinha envolvimento com o tráfico de drogas. Patrícia foi levada de casa pelo menor de iniciais P. F. M. B., de 14 anos, até à casa de Caio Gabriel Martins Neris, de 18, e Ana Jamylis Pires Arruda, de 19 anos, no bairro Barro Branco, os quais foram presos no dia 17 de setembro em Farias Brito.

Já no dia 29 de setembro Silvana Barbosa Dino, de 28 anos, que residia na Rua 16 Quadra "O", número 13 do Conjunto Minha Casa Minha Vida (Bairro Barro Branco) em Crato, foi morta a tiros de pistola por um homem que ali chegou encapuzado numa moto Honda Bros de cor preta. Ele baleou ainda Zilvando Anjos Queiroz, de 47 anos, que estava no imóvel e foi socorrido ao Hospital São Camilo.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira