Sábado
18 de Novembro de 2017
Publicidade
Publicidade
Sábado, 18 de Novembro de 2017
Publicidade
Publicidade
Ação civil pública
MPCE pede suspensão das obras do Carajás Home Center em Juazeiro do Norte
Carajás Home Center de Campina Grande (Foto: Divulgação)
Em 14/11/2017 às 06:10

Por João Boaventura Neto
 

Ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio dos promotores de Justiça Igor Pinheiro e Silderlândio do Nascimento, teve como objetivo de embargar imediatamente as obras referentes ao empreendimento “Carajás Home Center”.

A motivação se deu por conta de diversas irregularidades nos procedimentos administrativos e legislativos. A ação foi protocolizada nessa segunda-feira (13).

De acordo com a ação, foi verificado que o Poder Executivo Municipal solicitou autorização legislativa para a desafetação de uma rua pública. Esse procedimento visa alterar o uso ou destinação de um serviço ou espaço público para que ela fosse incorporada a dois terrenos alugados pela empresa desde 10 de junho de 2016 e com prazo de 30 anos.

Segundo o MP, foi constatado também que o Poder Público não exigiu qualquer estudo técnico referente à alegação de que o empreendimento geraria quinhentos empregos.

Também foi verificado que a tramitação legislativa do projeto de lei ocorreu em desconformidade com o regimento interno da Câmara dos Vereadores de Juazeiro do Norte.

Para o MP o projeto foi aprovado “às pressas” e “fora dos prazos exigidos para esse tipo de projeto legislativo”, como consta na ação que ainda afirma ter comprovado, segundo as placas públicas, que a rua obstruída pelas obras não corresponde àquela apontada no projeto de lei aprovado pela Câmara de Juazeiro. Assim, diante desse contexto, foi requerido o imediato embargo das obras do empreendimento “Carajás”.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira