Sábado
18 de Novembro de 2017
Publicidade
Publicidade
Sábado, 18 de Novembro de 2017
Publicidade
Publicidade
Violência
Área Integrada de Segurança registra mais de 3.260 furtos no Cariri
Monitoramento eletrônico pelo Governo do Estado pode ajudar no combate ao crime nas três maiores cidades do Cariri (Foto: Serena Morais/Jornal do Cariri)
Em 14/11/2017 às 07:40

Somente este ano, cerca de 280 pessoas foram vítimas de crimes letais intencionais e 3.250 foram furtadas na área que integra a região do Cariri. No Ceará, mais de 3.600 assassinatos foram contabilizados nos primeiros nove meses do ano. Mediante a violência, o governador Camilo Santana anunciou a instalação de câmeras de segurança em 38 municípios. Da região caririense, Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha foram escolhidos para receberem as câmeras, que serão acompanhadas através de um sistema de monitoramento eletrônico implantado pelo Estado. A intenção, conforme apresentado, é intimidar e identificar autores de crimes.

Conforme dados não consolidados apresentados no site da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS), entre o início de outubro e sua última terça-feira (24), em média, 25 pessoas foram vítimas de crimes letais intencionais nos municípios da Área Integrada de Segurança 19, que abrange o Cariri. Dados não oficiais apontam que, em todo o mês, 37 homicídios foram contabilizados. Caso confirmado, o número é 42,30% maior que o mesmo período do ano passado, que contou com 26 casos. Ao todo, aproximadamente 280 pessoas na região perderam suas vidas, até outubro, decorrente da violência em 2017.

Em relação aos furtos, mais de 3.260 registros foram contabilizados na AIS até o final de setembro. Como apresentado pelo Tenente Coronel Cícero Brito, Comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar em Juazeiro do Norte, celulares e motocicletas são, em sua maioria, os principais bens furtados. Ele pede que as pessoas evitem andar com o telefone nas ruas, mexer no celular nas calçadas ou passar por locais isolados etc.

De acordo com o Comandante, ainda não foram repassadas informações sobre locais ou previsão de instalação das câmeras de segurança nos municípios. O anúncio da nova medida, segundo ele, foi recebido com entusiasmo já que, como acredita, a tecnologia pode ser um instrumento positivo e auxiliar no combate à violência. “O seguimento da Segurança Pública é uma responsabilidade de todos. É preciso envolvimento social de toda comunidade, da família, da escola. Assim teremos uma segurança pública de melhor equilíbrio e qualidade. Tudo faz parte do contexto”, destaca.

Em passagem pelo Cariri, o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), André Costa, falou sobre a importância do trabalho colaborativo entre os órgãos da segurança pública e da valorização dos profissionais envolvidos na área. Na ocasião, o secretário discorreu sobre as ações desenvolvidas ao longo de sua gestão.

Fonte: Jornal do Cariri

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira