Segunda-feira
22 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Recurso no TRE
Após ter mandato cassado, prefeito de Araripe se mantém no cargo em segunda instância
Após ter mandato cassado, prefeito de Araripe se mantém no cargo em segunda instância (Foto: Reprodução / Internet)
Em 05/12/2017 às 12:40

Por Felipe Azevedo/ Agência Miséria
 

Após uma decisão em primeira instância que julgou procedente o pedido de cassação do prefeito de Araripe Giovane Guedes no dia 18 de maio, uma votação no Pleário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) nesta segunda-feira (4), entendeu por 6 votos a 0 que a denúncia sobre contratação excessiva de servidores não havia procedência.

A acusação feita pela oposição indicava que a contratação de servidores públicos e locação de veículos havia sido com fim de angariar votos nas eleições municipais. Após entrar com recurso no TRE, o parecer divulgado entendeu que não houve aumento nas contratações em relação aos anos anteriores a eleição.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira