Quinta-feira
19 de Julho de 2018
Publicidade
Publicidade
Quinta-feira, 19 de Julho de 2018
Publicidade
Publicidade
Um dos mais difíceis do país

Cearenses conquistam 1º e 2º lugar no vestibular do IME

Em 06/12/2017 às 07:00
Compartilhar
À esquerda Nickolas Machado, ladeado por Helber Melo (Foto: Divulgação)

O fortalezense Nickolas Machado, de 18 anos, e Helber Melo, também com 18 anos, natural de Ipú, passaram em primeiro e segundo lugar, respectivamente, em um vestibular considerado como um dos mais difíceis do Brasil: o do Instituto Militar de Engenharia (IME). O resultado é referente às vagas na ativa.

O coordenador geral das turmas ITA/IME do Colégio Christus – onde a dupla estuda -, Danúbio Portugal, diz que a preparação para o IME requer muito foco e renúncia. Ele explica que desde as séries iniciais é feito um trabalho para conscientizar o aluno que o ambiente apropriado para o estudo é o colégio. “O colégio deve ser uma casa”, sintetiza. Ou seja, os alunos chegam ao colégio às 6h45 e saem às 21h30.

Sobre os alunos aprovados, Portugal diz que eles tiveram que renunciar muitos fins de semana e feriados para obter o resultado, que veio “através de um exercício de muitas provas, simulados com questões inéditas e uma rotina de estudo muito puxada”.

A semana dos estudantes das turmas especiais é composta por 13 aulas de matemática, 12 aulas de física, assim como as aulas de química, também 12, e duas de inglês. Português, literatura e redação totalizam oito aulas. Em redação, há o atendimento individualizado, semanal, onde os alunos são obrigados a fazer uma redação.

Em entrevista, Nickolas Machado diz que passa o dia inteiro no colégio, chegando às 7 horas para as aulas da manhã e saindo às 21 horas, tempo preenchido por aulas no turno da tarde e estudos por conta própria. O jovem diz que quando chega em casa ainda estuda, indo dormir meia-noite. Aos fins de semana, ele também dá seguimento a sua rotina de estudos, das 8 às 19 horas.

Cotidiano parecido tem Helber Melo. O jovem, às 6 horas, já está no Christus, de onde sai somente 21h30. Durante esse período, segundo Melo, intervalo apenas para o almoço. “Abdiquei de tudo. Saía, ia para a academia. Aí deixei de sair com meus amigos. Só estudando direto, de domingo a domingo”, afirma Melo. Segundo ele, os amigos não ficaram com raiva. “Por mais que eu quisesse estar com eles, não tinha tempo”.

Como conselho para quem realizar feito parecido na prova do IME, Melo diz que “o cara tem que realmente se dedicar, porque passa por muitos altos e baixos. O cara fica, às vezes, desmotivado quando vai mal em uma prova, mas não pode baixar a cabeça, tem que seguir”.

Após o resultado positivo, Melo diz que vai comemorar a conquista e reencontrar os amigos. Mas só depois da próxima semana. Machado e Melo prestarão o vestibular do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), que acontece nos dias 12, 13, 14 e 15 deste mês. Embora estejam satisfeitos com o sucesso no vestibular do IME, ambos têm o desejo de entrar no ITA.

Fonte: O Povo

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira