Quarta-feira
13 de Dezembro de 2017
Publicidade
Publicidade
Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017
Publicidade
Publicidade
Em tramitação na Câmara
Uso de arma pela Guarda de Juazeiro pode ser definido ainda em 2017
Vereador Capitão Vieira Neto usou a Tribuna de Honra para falar sobre Segurança Pública na sessão dessa terça-feira (Foto: Segundo Filmagens/Agência Miséria)
Em 06/12/2017 às 18:20

Por João Boaventura Neto
 

O vereador Capitão Vieira (PEN) usou a Tribuna de Honra da Câmara de Juazeiro do Norte, nessa terça-feira (5), e tratou sobre a Segurança Pública. O parlamentar abordou sobre o uso de armamento por parte da Guarda Municipal de Juazeiro do Norte e a crescente onda de violência no Estado do Ceará.

Vieira Neto apresentou números de assassinatos registrados até novembro, no Ceará. De acordo com os dados preliminares da Secretaria de Segurança do Estado, foram contabilizadas, até o último 19 de novembro, 4.492 pessoas assassinadas. Uma média de 14 homicídios por dia. O Ceará deve superar a marca de 5.000 homicídios neste ano.

Em relação ao porte de arma de fogo para a Guarda Municipal, Capitão Vieira voltou a defender o uso. Segundo ele, isso facilitaria no combate a criminalidade.

Para o vereador, a Guarda está pronta para compor o Sistema de Segurança Pública. Ele destacou que não medirá esforços para que a Guarda passe pela capacitação e assim possa portar arma.

Tramita nas comissões da Câmara um Projeto, de autoria de Capitão Vieira, para que a prefeitura de Juazeiro do Norte firme um convênio com a Polícia Federal para capacitar a Guarda. A previsão é que ainda este ano seja apreciado pelos vereadores.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira