Sábado
20 de Outubro de 2018
Publicidade
Publicidade
Sábado, 20 de Outubro de 2018
Publicidade
Publicidade
Crajubar

Prefeitos projetam obras e realização de concursos

Em 02/01/2018 às 09:35
Compartilhar
Cortes e arrocho administrativo foram iniciativas utilizadas pelas gestões municipais em 2017 (Foto: Jornal do Cariri)

Os prefeitos Arnon Bezerra (Juazeiro do Norte), Zé Ailton Brasil (Crato) e Argemiro Sampaio (Barbalha) apresentaram ao Jornal do Cariri um balanço das ações e obstáculos que marcaram o primeiro ano de suas gestões e quais as perspectivas para 2018. Apesar do arrocho financeiro em 2017, eles avaliam um saldo positivo e destacam um cenário administrativo ainda melhor neste novo ano.

Entre as dificuldades, os prefeitos destacam a queda nos repasses financeiros às prefeituras, principalmente do Governo Federal, e a baixa captação de receitas municipais. Por conta disso, os três gestores asseveraram ter tomados medidas mais extremas, como cortes e arrocho administrativo.

Por outro lado, eles mencionaram que tais ações os possibilitaram investir em setores essenciais, como Educação, Saúde e Assistência Social. Anunciam, ainda, trabalhar para que haja concurso público em 2018. Em Juazeiro do Norte, o prefeito Arnon Bezerra (PTB) salienta um sobressalto na qualidade desses três setores.

“Estamos lutando para que as filas de espera para consultas, exames e medicamentos sejam sanadas. Na Assistência Social, o atendimento não tem sido por piedade, mas por merecimento. A gente também está fazendo do Esporte uma maneira de integrar a juventude, que por causa da ociosidade, se envolve em outras atividades que são nocivas. As ruas estão mais sinalizadas e limpas. Juazeiro está diferente e essa opinião é das pessoas também”, acrescenta Bezerra.

O prefeito pontua que a colaboração do governador Camilo Santana (PT) e do senador Eunício Oliveira (PMDB) são fundamentais para que 2018 seja ainda melhor, já que ambos têm contribuído muito para a liberação de recursos para o município juazeirense, entre os quais, para a instalação do Teleférico do Horto. A opinião é compartilhada pelos demais gestores.

No Crato, Zé Ailton Brasil (PP) elenca a situação delicada em que recebeu a Prefeitura e como tem trabalhado. “Foi muito difícil para a captação de recurso e aumentar a receita própria. Sem falar na herança da dívida de mais de R$ 10 milhões, mas que conseguimos pagar uma parte e reorganizar as finanças. Estabelecemos um calendário de pagamento salarial dos servidores e estamos reativamos algumas obras, reformando escolas e postos de saúde, asfaltando, etc. Posso dizer que se 2017 foi época de organizar a casa, 2018 será de efetivar as obras, inclusive com a instalação do teleférico cratense”, informa Brasil.

O prefeito barbalhense também lamenta os reflexos da crise econômica, mas aponta ações administrativas importantes, como a negociação do fim de uma greve na saúde já histórica na cidade, pagamentos de dívidas de impostos em atraso, fim da crise nos hospitais, inclusive com apoio do senador Eunício Oliveira (PSDB), etc. Na Educação, o prefeito disse que conseguiu superar um déficit mensal de milhões no setor e aumentar de sete para 10 mil estudantes nas escolas.

Para 2018, ele diz aguardar os resultados nas pesquisas dos investimentos feitos na área. Ressalta, ainda, a necessidade de um relacionamento menos político e mais administrativo com a Câmara Municipal. Segundo Argemiro, a oposição tem dificultado algumas medidas, que devem ser tomadas para o bem da coletividade.

“Entre elas, estamos trabalhando na Planta Genérica de Valores (PGV) para atualização dos IPTUs, reformas de escolas, postos de saúde e concursos públicos. Afinal, as receitas devem ser melhoradas para que as prefeituras sejam mais independentes dos recursos estaduais e federais”, finaliza Sampaio.

Fonte: Jornal do Cariri

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira