Segunda-feira
22 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Homicídio
Morre no HRC em Juazeiro comerciante baleado ao sair de casa em Barbalha
Marciano foi baleado em frente à sua casa na Rua L-13 do bairro Cirolandia (Foto: Reprodução/Google Street View)
Em 02/01/2018 às 16:40

Por Demontier Tenório
 

Por volta das três horas da madrugada desta terça-feira morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro o jovem Marciano Apolinário Braz, de 30 anos, cerca de quinze horas após ser baleado em Barbalha. Ele era o proprietário da empresa Marciano Auto Peças que funciona no bairro Bela Vista naquele município e residia na Rua L-13, número 148 (Bairro Cirolandia) em Barbalha.

Sua esposa, Cícera Nascimento Cruz, informou à polícia que o mesmo estava em casa quando, no final da manhã desta segunda-feira ali chegou o sobrinho dele que identificou como Robson Apolinário. Marciano foi atraído até à porta de sua residência e, ao sair do imóvel, terminou surpreendido com quatro tiros que o atingiram duas vezes no tórax, uma no braço direito e outra na cabeça. Segundo ela, o autor dos disparos fugiu numa moto e a polícia procura ainda o parente da vítima.

Após ser lesionado, o comerciante foi socorrido ao Hospital São Vicente de Paulo e, pouco tempo depois, terminou transferido ao HRC de Juazeiro onde faleceu esta madrugada. Segundo a polícia, Marciano era investigado como suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas. Foi o segundo homicídio em Barbalha num curto intervalo de apenas dois dias já que o crediarista Luis Sérgio Teles Diniz, de 38 anos, terminou atingido por bala perdida na manhã de domingo e morreu no bairro Malvinas.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira