Terça-feira
23 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Tragédia na estrada
Mãe e tia de radialista de Crato morrem após grave acidente com quatro óbitos na Bahia
Dona Edite era professora de Geografia da URCA e morreu na colisão de um Ford Ecosport e um pólo sedan dirigido pelo seu filho o radialista de Crato, Baden Power (Foto: Reprodução)
Em 02/01/2018 às 18:05

Por Demontier Tenório
 

Um grave acidente registrado no início da tarde desta terça-feira numa rodovia federal no município de Santa Bárbara do Oeste (BA), deixou o saldo de quatro pessoas mortas, sendo três mulheres e um homem, e mais três pessoas feridas. Dentre as vítimas fatais duas residiam em Crato a exemplo das duas pessoas feridas após a colisão entre dois carros. O radialista Baden Power, de 51 anos, dirigia o seu veículo Polo Sedan 1.6 de cor branca e placas OIF-0779, inscrição de Crato, pela BR-116 onde tudo aconteceu no Km 382 a uma distância de 150 Km para Salvador.

Segundo informações a serem confirmadas, este colidiu com um Ford Ecosport de cor cinza e placas PWW-5565, inscrição de São Paulo, que seguia de Orós (CE) para a capital paulista teria derrapado na pista e atingido o Polo Sedan após bater num caminhão. No local do acidente morreram a professora de Geografia da URCA, Edite Oliveira de Menezes, que era mãe do radialista, e uma irmã dela. Baden e sua noiva, Lilian Meneses, saíram feridos no acidente e ambos terminaram socorridos a um dos hospitais locais.

O motorista do EcoSport ficou preso às ferragens do seu carro que começou a incendiar, mas o fogo foi contido pelo motorista do caminhão Otávio Dias Rebouças e seu ajudante com um extintor. Uma mulher que estava no Ford morreu a exemplo do jovem Thiago Silva de Souza, de 29 anos. Já uma criança de cinco anos que estava neste mesmo carro escapou ilesa. Baden, sua noiva, a mãe e uma tia procediam de Salvador (BA) onde passaram o Réveillon. Os dois feridos foram submetidos a uma bateria de exames no hospital local e as quatro vítimas fatais tiveram os corpos levados pelo rabecão para serem necropsiados.  

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira