Terça-feira
23 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Apple
Mais vendido do ano, iPhone deve ficar muito mais barato em 2018
Ao todo, foram comercializadas 223 milhões de unidades de diversos modelos do iPhone em todo o ano (Foto: Reprodução)
Em 02/01/2018 às 20:10

O iPhone foi o produto tecnológico mais vendido em 2017. Ao todo, foram comercializadas 223 milhões de unidades em todo o mundo, segundo divulgado pelo jornal ´USA Today´ nesta terça-feira (2). O que mais impressiona, no entanto, é a distância que o smartphone da Apple tem dos próximos colocados do ranking.

De acordo com a publicação, a quantidade de vendas da Apple em 2017 foi mais do que vendeu a soma do 2º ao 5º colocados. Os smartphones Galaxy S8 e Note 8 ficaram bem atrás dos iPhones e somaram 33 milhões de unidades vendidas, o que deixou a Samsung com a segunda posição.

Em terceiro lugar na lista dos mais vendidos está o Echo Dot da Amazon (24 milhões), em quanto aparece o Apple Watch (20 milhões) e o console de videogame Nintendo Switch (15 milhões) na quinta colocação.

As vendas atingidas pela Apple superam 2016, quando a marca vendeu 211 milhões de iPhones, mas ficam atrás de 2015, quando foram vendidos 230 milhões de equipamentos. O total de vendas refere-se a todos os exemplares que estão disponíveis no mercado, incluindo os três novos modelos lançados pela marca em 2017: iPhone 8, 8 Plus e iPhone X.

Segundo o analista Patrick Moorhead, da Moorhead Insights, consultado pelo ´USA Today´, em 2018, produtos como o iPhone 8 e 7, que não possuem tecnologia de ponta com o iPhone X, devem ter o preço drasticamente reduzido, o que pode impulsionar ainda mais as vendas.

noticiasaominuto

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira