Sexta-feira
20 de Julho de 2018
Publicidade
Publicidade
Sexta-feira, 20 de Julho de 2018
Publicidade
Publicidade
Rebelião

Vistoria há 3 anos mostrava situação ´precaríssima´ de presídio em GO

Em 03/01/2018 às 08:05
Compartilhar
Laudo alertava sobre estrutura debilitada e da superlotação (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)

Há três anos, a Corregedoria do Tribunal de Justiça de Goiás realizou uma inspeção na Colônia Agroindustrial de Regime Semiaberto, em Aparecida de Goiânia, palco de rebelião sangrenta no primeiro dia ano. O laudo já alertava sobre situação "precaríssima" em decorrência da estrutura debilitada e da superlotação.

Um dos problemas constatados no relatório, segundo o G1, diz respeito às visitas íntimas, feitas, devido à lotação, muitas vezes na presença dos filhos levados pelas mães.

"Com frequência, ocorre de a mãe levar a criança para visitar o pai e a criança tem de ficar no pátio com os reeducandos, durante a visita intima da mãe, ou tem de presenciar as relações sexuais de seus pais, dentro de alojamento, por falta de lugar apropriado para ficarem".

A rebelião do dia 1º terminou com saldo de nove detentos mortos e 242 fugitivos, dos quais 99 ainda não capturados.

NoticiasaoMinuto

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira