Sexta-feira
19 de Outubro de 2018
Publicidade
Publicidade
Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018
Publicidade
Publicidade
Prisão de quadrilha

Pelo menos 10 pessoas foram vítimas do grupo que baleou policial feminina

Em 03/01/2018 às 13:40
Compartilhar
Informações foram divulgadas durante coletiva (Foto: Reprodução)

Pelo menos 10 vítimas de roubo foram até a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) nas últimas horas após a prisão dos suspeitos da tentativa de latrocínio contra uma soldado da Polícia Militar no dia 1º de janeiro. Elas reconheceram o grupo detido por envolvimento em outros casos. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira, 3, durante entrevista coletiva que divulgou a prisão de três homens e apreensão de um adolescente de 17 anos.

O delegado George Monteiro disse que o grupo é suspeito de outras práticas de roubo de veículos nas áreas do Montese e Parquelândia, além de duas ações contra agentes de segurança, sendo uma contra um guarda municipal. O automóvel Palio usado no crime foi roubado também no 1º dia do ano. "O Jeferson é apontado como suspeito contra o guarda municipal e contra outro policial militar. O grupo atuava no Rodolfo Teófilo, Parquelândia. Também teve um assalto a uma van e outro no Montese às 2 horas da manhã do dia 1º", disse.

Foram presos Francisco Gabriel Ferreira Coelho, Jeferson Campos do Nascimento, Francisco Leonardo de Sousa e apreendido um adolescente de 17 anos. Os dois veículos identificados na ação foi um Palio e um Tucson, ambos apreendidos. Além de uma arma de fogo e uma réplica. As prisões foram realizadas pelo Comando Tático Motorizado (Cotam), do Batalhão de Choque, em parceria com a Polícia Civil. O Palio foi encontrado na Parangaba durante abordagem. Os dois primeios suspeitos foram presos em uma residência no bairro Rodolfo Teófilo, onde a arma foi encontrada.

Segundo o delegado Renato Almeida, todas as vítimas reconheceram os indivíduos. "Não foi só essa situação das policiais, mas outros roubos todos com a prática de ameaças e uso de arma de fogo e sempre tentando subtrair carros", relatou.

Os três adultos foram autuados em flagrante por associação criminosa e corrupção de adolescente. Jeferson será julgado ainda por tentativa de latrocínio. O adolescente foi apreendido e encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Fonte: O Povo

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira