Sábado
20 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Sábado, 20 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Prisão de quadrilha
Pelo menos 10 pessoas foram vítimas do grupo que baleou policial feminina
Informações foram divulgadas durante coletiva (Foto: Reprodução)
Em 03/01/2018 às 13:40

Pelo menos 10 vítimas de roubo foram até a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) nas últimas horas após a prisão dos suspeitos da tentativa de latrocínio contra uma soldado da Polícia Militar no dia 1º de janeiro. Elas reconheceram o grupo detido por envolvimento em outros casos. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira, 3, durante entrevista coletiva que divulgou a prisão de três homens e apreensão de um adolescente de 17 anos.

O delegado George Monteiro disse que o grupo é suspeito de outras práticas de roubo de veículos nas áreas do Montese e Parquelândia, além de duas ações contra agentes de segurança, sendo uma contra um guarda municipal. O automóvel Palio usado no crime foi roubado também no 1º dia do ano. "O Jeferson é apontado como suspeito contra o guarda municipal e contra outro policial militar. O grupo atuava no Rodolfo Teófilo, Parquelândia. Também teve um assalto a uma van e outro no Montese às 2 horas da manhã do dia 1º", disse.

Foram presos Francisco Gabriel Ferreira Coelho, Jeferson Campos do Nascimento, Francisco Leonardo de Sousa e apreendido um adolescente de 17 anos. Os dois veículos identificados na ação foi um Palio e um Tucson, ambos apreendidos. Além de uma arma de fogo e uma réplica. As prisões foram realizadas pelo Comando Tático Motorizado (Cotam), do Batalhão de Choque, em parceria com a Polícia Civil. O Palio foi encontrado na Parangaba durante abordagem. Os dois primeios suspeitos foram presos em uma residência no bairro Rodolfo Teófilo, onde a arma foi encontrada.

Segundo o delegado Renato Almeida, todas as vítimas reconheceram os indivíduos. "Não foi só essa situação das policiais, mas outros roubos todos com a prática de ameaças e uso de arma de fogo e sempre tentando subtrair carros", relatou.

Os três adultos foram autuados em flagrante por associação criminosa e corrupção de adolescente. Jeferson será julgado ainda por tentativa de latrocínio. O adolescente foi apreendido e encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Fonte: O Povo

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira