Quarta-feira
24 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Duplo homicídio

Professora e homem são mortos dentro de ônibus em Fortaleza

Um homem não identificado morreu dentro do transporte público. Já a professora ainda foi levada ao hospital, mas não resistiu (Foto: Reprodução)
Em 12/01/2018 às 06:10

Duas pessoas foram assassinadas dentro de um ônibus da linha Antônio Bezerra - Messejana (026), na rua Frei Cirilo, em frente ao Hospital de Messejana, na Capital, na tarde de ontem. As vítimas foram um homem que teria pulado a catraca e ainda não foi identificado pela Polícia e Alexandra Assunção dos Santos, uma professora de 34 anos de idade.

As duas vítimas foram alvejadas com disparos de um pistola calibre 380. A Perícia Forense do Ceará (Pefoce) encontrou dez projéteis dentro do transporte público, todos do mesmo calibre, o que sustenta a hipótese para a Polícia de que não houve troca de tiros no local.

O homem não identificado sofreu vários tiros e morreu na hora. Alexandra dos Santos estava sentada próximo a catraca e foi baleada na cabeça. Em seguida, o criminoso fugiu.

O motorista do ônibus dirigiu até a Rua Alberto Torres, com o intuito de levar a passageira para a Emergência do Hospital de Messejana. Ela ainda ingressou na unidade de saúde com vida, mas morreu meia hora depois.

Alexandra era monitora do Colégio Piamarta, localizado na Avenida Aguanambi. Ela havia se casado recentemente e não tinha filhos. Seu corpo seguiu para o Serviço De Verificação de Óbito (SVO). Familiares estiveram no local onde ela foi morta.

Apurações

A Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, e a Pefoce compareceram ao local de crime para levantarem as primeiras informações do duplo homicídio. Em um bolso do homem morto, foi encontrada uma faca de 10 polegadas.

Segundo o delegado Alex Murador, da DHPP, as câmeras do ônibus vão ajudar na investigação do crime. Se a Especializada não elucidar o caso em até 30 dias, o inquérito será remetido ao 6° DP (Messejana).

Em 28 de novembro de 2017, um policial militar foi baleado dentro de um ônibus, também na Avenida Frei Cirilo, em uma troca de tiros com três homens que realizariam um assalto. Um suspeito foi morto.

Fonte: Diário do Nordeste

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira