Domingo
20 de Maio de 2018
Publicidade
Publicidade
Domingo, 20 de Maio de 2018
Publicidade
Publicidade
Reposição da inflação

Força Sindical vai entrar com ação contra reajuste menor do salário mínimo

Em 18/01/2018 às 17:25
Compartilhar
A lei determina que a correção do salário mínimo seja feita pela inflação do ano anterior e variação do PIB de dois anos antes (Foto: iStock/Getty Images)

O Sindicato Nacional dos Aposentados e a Força Sindical entrarão com ação na Justiça para cobrar a reposição da inflação integral de 2017 no reajuste do salário mínimo de 2018. O salário subiu de 937 reais para 954 reais no dia 1º de janeiro.

Com base em estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a perda acumulada em dois anos chega a 4 reais, considerando que o reajuste de 2017 também não cobriu a inflação de 2016.

“O salário mínimo 2017 também ficou defasado, uma vez que o reajuste foi de 6,48% e as perdas inflacionárias chegaram a 6,58%. As perdas nos dois últimos anos contabilizam 0,36%”, informa a Força.

No último dia 11, o Ministério do Planejamento admitiu que a correção ficou abaixo da inflação, mas informou que a diferença de 1,78 real será compensada no reajuste de 2019.

De acordo com a pasta, a diferença de 1,41 real na correção do mínimo de 2017 – que também ficou abaixo da inflação – foi levada em conta em 2018.

A lei determina que a correção do salário mínimo seja feita pela inflação do ano anterior e variação do PIB de dois anos antes. Como o PIB de 2016 ficou negativo em 3,5%, ele não é considerado.

Fonte: Veja

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira