Quarta-feira
21 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Cautela

No Android, carteiras falsas roubam bitcoins dos usuários

Em 19/01/2018 às 11:40
Compartilhar
(Foto: Reprodução/ Terra)

Especialistas em segurança da Avast emitiram alerta sobre a aplicação de um novo golpe digital, de olho na onda das criptomoedas. De acordo com relatório emitido pela empresa, carteiras falsas disponíveis de forma legítima na loja de aplicativos Google Play estão sendo usadas em campanhas voltadas para roubo de bitcoins e outras modalidades de dinheiro virtual.

Os analistas da companhia apontam nominalmente duas soluções utilizadas para esse tipo de crime, com funcionamentos bem diferentes. A primeira, chamada ADA Cardano Crypto Wallet, se passa por uma carteira oficial que promete a conversão de bitcoins e litecoins sem taxas para a criptomoeda que dá nome à aplicação.

Os hackers chegam até mesmo a se passar pela Daedalus, desenvolvedora original da carteira oficial da Cardano. Entretanto, seu objetivo não é a conversão, mas sim o roubo. A ideia é que os usuários enviem suas criptomoedas para um endereço para transformação, quando na verdade, ao fazerem isso, estão entregando suas economias de bandeja para os criminosos.

O segundo software malicioso é o All Crypto Currency Wallet, que tem um funcionamento um pouco mais sofisticado. A promessa de uma carteira virtual para diferentes tipos de criptomoedas é atrelada a um link de afiliados, que promete taxas menores na conversão do dinheiro virtual em outras modalidades. Na prática, entretanto, metade dos fundos gerados com a transação acaba indo para endereços controlados pelos hackers, com os usuários acabando por sair no prejuízo.

Ambos os aplicativos estão no ar pelas mãos de um desenvolvedor chamado CryptoWallmart. Na somatória, as soluções já teriam sido baixadas entre 100 e 500 vezes, segundo os dados disponibilizados pela própria Google, o que mostra se tratar de uma categoria de golpe ainda incipiente, mas que tem grandes chances de ganhar força na medida em que a empolgação com as criptomoedas não para de crescer.

Nos dois casos, truques velhos da cartilha dos hackers são utilizados como forma de ludibriar usuários incautos. A promessa de vantagens especiais, como conversões sem taxas ou boas cotações para câmbio, acompanha nomes reconhecidos, como os da Daedalus, Cardano e até mesmo a rede de supermercados Walmart. Quando percebe se tratar de um engodo, pode ser tarde demais.

Por outro lado, o uso de táticas comuns também faz com que atitudes tradicionais possam livrar os usuários de ataques. O ideal, sempre, é baixar aplicativos somente de fontes confiáveis, mas, além disso, prestar atenção em totais de downloads e desenvolvedores, de forma a garantir a veracidade das soluções. Leia as recomendações e críticas e fique de olho nas permissões solicitadas.

Na dúvida, faça uma pesquisa online para verificar o quanto aquele software faz o que promete. Pragas online costumam ser identificadas por empresas especializadas em segurança da informação, que, por sua vez, publicam relatórios na internet. Assim, a informação fica disponível a todos e, neste caso, pode evitar que você perca um investimento promissor feito nas criptomoedas.

Terra

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira