Tecnologia e Games
Telefonia
Operadoras bloquearam 1,6 milhão de celulares em 2017, número recorde
Compartilhar

Maioria dos bloqueios ocorreu por problemas como furto e roubo dos aparelhos (Foto: Reprodução)

Em 22/01/2018 às 16:10
Publicidade

As operadoras bloquearam 1,6 milhão de aparelhos celulares em 2017, informou nesta segunda-feira (22) o SindiTelebrasil, entidade que representa as empresas de telefonia do país.

O número do ano passado foi o maior desde a criação do sistema que faz os bloqueios, em 2000. Em 2016, 1,5 milhão de aparelhos haviam sido bloqueados.

Publicidade


De acordo com o SindiTelebrasil, os bloqueios foram feitos após os aparelhos terem sido alvo de problemas como roubo, furto e extravio. A entidade informou que esses são os motivos mais comuns para os pedidos de bloqueio, mas não detalhou os números.

O bloqueio é feito a partir do IMEI (código de identificação) de aparelhos celulares. Quando o IMEI é registrado no cadastro e bloqueado, o aparelho celular não consegue mais fazer ligação ou qualquer comunicação utilizando o pacote de dados das operadoras brasileiras e de outras 57 empresas de 19 países. O aparelho continua podendo ser usado em redes WiFi.

Publicidade


No acumulado de 2000, quando sistema de bloqueio começou a operar, a 2017, o sistema registra um total de 9,3 milhões de IMEIs inutilizados por terem sido bloqueados.

Para pedir o bloqueio do IMEI o cliente deve entrar em contato com a operadora informando dados pessoais e, se souber, o IMEI do celular. O IMEI é como um chassi do carro, cada celular tem um número diferente. Para acessar o número basta digitar *#06# no teclado do aparelho.

Fonte: G1


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você é a favor da criminalização da homofobia no Brasil?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor