Domingo
19 de Agosto de 2018
Publicidade
Publicidade
Domingo, 19 de Agosto de 2018
Publicidade
Publicidade
Pernambuco

Ex-soldado do Exército mata a mulher em casa e se suicida no Grande Recife

Em 23/01/2018 às 17:15
Compartilhar
Suspeito foi levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Recife (Foto: Reprodução)

Um ex-soldado do Exército assassinou a mulher e se matou, na noite de segunda-feira (22), em Olinda, no Grande Recife. De acordo com a polícia militar, Edniz Izídio, de 30 anos, atirou em Débora Marcelino Izídio, de 25 anos, e cometeu suicídio. Ele não teria se conformado com o pedido de separação.

O assassinato seguido de suicídio e ocorreu por volta das 21h, na Rua Agave, em Jardim Fragoso, em um quarto da residência do casal. Edniz deu um tiro na cabeça de Debora e depois efetuou um disparo na própria têmpora. O casal deixou dois filhos menores, de 4 e 7 anos.

O caso foi registrado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A delegada Gleide Angelo esteve no local do crime.

Outros casos

No dia 16 de janeiro deste ano, um sargento reformado da Polícia Militar de Pernambuco assassinou a mulher e se matou, em Itamaracá, no Grande Recife. De acordo com a corporação, Josenildo de Barros Silva usou um revólver para matar Viviane Maria de Santa, de 38 anos, e para cometer suicídio.

O caso ocorreu na residência do casal. Segundo uma nota enviada pela PM, policiais militares do 17º Batalhão isolaram a área e aguardaram a chegada dos investigadores da Polícia Civil.

A PM vai apurar como o sargento reformado conseguiu a arma, que é da corporação. Como não estava na ativa, ele não tinha autorização para portar armamentos.

O motivo do crime está sendo investigado pela Delegacia de Itamaracá. Vizinhos informaram que o PM e a mulher tinham se mudado para a cidade há menos de um mês.

Poucos dias antes desse crime, no sábado (13), um policial militar de 36 anos assassinou a esposa, de 25 anos, no município de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar (PM), o soldado, lotado no Grupamento Tático de Apoio Itinerante (Gati), se suicidou após ter cometido o assassinato.

Fonte: G1 PE

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira