Domingo
18 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Domingo, 18 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Para desnuclearizar

EUA quer manter pressão sobre o regime norte-coreano

O secretário de defesa dos EUA Jim Mattis cumprimenta o sul-coreano Young-Moo durante reunião em Honolulu, no Havaí, nesta sexta (26). (Foto: Reprodução)
Em 27/01/2018 às 13:45

Washington e Seul pretendem manter a pressão sobre o regime de Pyongyang para que renuncie ao programa nuclear, apesar da distensão entre as duas Coreias, afirmou o secretário americano de Defesa, Jim Mattis.

Coreia do Sul e Estados Unidos, "que são dois países pacíficos, recebem favoravelmente as discussões entre as duas Coreias relacionadas com os Jogos Olímpicos", declarou Mattis no início de um encontro com o colega sul-coreano Song Young-Moo na base do Comando Militar Americano para o Pacífico (PACOM), em Honolulu, na sexta-feira (26).

"Ao mesmo tempo, permanecemos firmes em nossas pressões econômicas para desnuclearizar a península coreana", completou.

"A diplomacia deve impor a razão à retórica imprudente e às provocações perigosas de Kim", afirmou o secretário americano, a respeito do líder norte-coreano Kim Jong-Un.

"O regime de Kim é uma ameaça para o mundo inteiro. É um problema internacional que requer uma solução internacional", destacou.

"Nossa resposta a esta ameaça continua sendo a via diplomática, apoiada pelas opções militares que estão a nossa disposição para assegurar que nossos diplomatas se expressam de uma posição de força", explicou Mattis.

A reunião aconteceu poucos dias depois da viagem de uma delegação sul-coreana a Coreia do Norte - a primeira em quase dois anos - como parte dos preparativos relacionados aos Jogos Olímpicos de Inverno.

As Olimpíadas de Pyeongchang, que acontecerão de 9 a 25 de fevereiro nesta cidade da Coreia do Sul, permitiram uma aproximação entre os dois países, após dois anos de tensão, provocados pela aceleração dos programas balístico e nuclear de Pyongyang.

Apesar da distensão esportiva, a Coreia do Norte prepara um grande desfile militar para 8 de fevereiro, véspera da abertura dos Jogos Olímpicos, segundo fontes oficiais norte-coreanas.

Fonte: G1, com France Presse

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira