Sexta-feira
25 de Maio de 2018
Publicidade
Publicidade
Sexta-feira, 25 de Maio de 2018
Publicidade
Publicidade
Mais fiscalizado do NE

Combate ao trabalho escravo realiza mais de 10 mil auditorias no Ceará

Por João Boaventura Neto
Em 30/01/2018 às 14:05
Compartilhar
Combate ao trabalho escravo realiza mais de 10 mil auditorias no Ceará (Foto: Reprodução/Sintracoop-DF)

O Ministério do Trabalho realizou mais de 10 mil fiscalizações relativas ao cumprimento das normas trabalhistas e de segurança e saúde no trabalho em todo o Ceará durante o ano de 2017. O estado foi o sexto com o maior número de auditorias, ficando atrás apenas de estados do Sul e Sudeste.

Primeiro no ranking entre os estados do Norte e Nordeste, o Ceará passou por 10.102 auditorias. Os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro foram onde ocorreram mais ações, sendo 31.555, 27.207 e 21.808, respectivamente.

Em 2016, o Ministério do Trabalho havia realizado 264.562 fiscalizações, com um total de 232.506 autos de infração lavrados. Em 2017, foram 257.610 autos lavrados pelos 2.367 auditores-fiscais do Trabalho em todo país.

No combate ao trabalho análogo ao de escravo, num total de 3.786 trabalhadores alcançados pela fiscalização, 407 foram resgatados por estarem submetidos a trabalho análogo ao de escravo. Foram fiscalizadas 184 propriedades, o que resultou no pagamento de R$ 2,28 milhões.

Com relação ao desconhecimento das normas, o Governo Federal possui um canal de atendimento exclusivo para questões trabalhistas, o Alô Trabalho (158). Além disso, oferece o plantão de orientação trabalhista na maior parte de suas unidades em todo o Brasil.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira