Política
Ação penal
MPF recorre de sentença que absolveu ex-governador Cid Gomes
Compartilhar

Ex-governador do Ceará Cid Ferreira Gomes (Foto: Reprodução/Agência Estado)

Por João Boaventura Neto
Em 07/02/2018 às 15:15
Publicidade

O Ministério Público Federal (MPF) recorreu da decisão que absolveu o ex-governador do Ceará Cid Gomes (PDT) e os demais réus em ação penal por gestão temerária no Banco do Nordeste (BNB).

A sentença absolveu os réus sumariamente, ou seja, antes mesmo que fosse iniciada a instrução processual, quando são colhidos os depoimentos das testemunhas e interrogados os acusados.

Publicidade


Segundo a denúncia em relação ao ex-governador do Ceará, irregularidades teriam sido cometidas no financiamento que beneficiou a empresa de Cid Gomes com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

Para o MPF, a ação penal, que tramita na Justiça Federal em Sobral (CE), não poderia ter sido prematuramente interrompida, pois há elementos de prova suficientes para que o processo siga seu curso normal. O recurso será julgado pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife (PE).
A empresa obteve emprestado R$ 1,3 milhão para construção de galpões em Sobral, norte do Ceará. A operação financeira foi realizada quando Gomes ainda estava na administração estadual.

Publicidade


De acordo com inquérito instaurado pelo MPF e com relatório da Controladoria-Geral da União (CGU), na concessão do empréstimo não foram respeitadas as regras para operações financeiras com recursos do FNE. Houve também falhas no controle interno do banco e superdimensionamento do faturamento da empresa na avaliação de crédito.


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você ainda usa telefone fixo em casa?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor