Mundo
Vaticano
Papa diz que sociedade "tolera" e "encoraja" tráfico sexual
Compartilhar

Pontífice ainda alertou para a complexidade da situação no mundo (Foto: Reprodução)

Em 09/02/2018 às 16:30
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE

O papa Francisco, em reunião no Vaticano com o "Santa Marta Group", associação que luta contra o tráfico de seres humanos, disse que é preciso "examinar seriamente as diversas formas de cumplicidade que a sociedade tolera e encoraja".

Como exemplo, o líder católico citou o "tráfico para fins sexuais e a exploração de homens, mulheres, crianças e vulneráveis". O "Santa Marta Group" foi criado pelo Pontífice em 2014, e o encontro deste ano visa a trazer uma perspectiva mundial sobre o ser humano e suas "modernas formas de escravidão".

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE


Assim, o Papa, no seu "concreto objetivo de acabar com a rede criminal", disse que a sociedade deve se atentar aos "mais vastos setores", como "o uso da tecnologia e meios de comunicação", e até mesmo às "implicações éticas dos modelos de crescimento econômico que privilegiam a exploração das pessoas".

"Esperançoso" com o futuro, Francisco ainda alertou para a complexidade da situação. "A experiência mostra que as formas modernas de escravidão são bem mais confusas do que se imagina, mesmo - para nossa vergonha e escândalo - dentro das associações mais próximas da nossa sociedade", disse.

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE


Por outro lado, Jorge Bergoglio pareceu seguro quanto aos resultados futuros. "Estou confiante que as discussões desses dias nos ajudarão a incrementar a conscientização da crescente necessidade de ajudar as vítimas destes crimes." Para ele, as pessoas afetadas devem ser acompanhadas "em um caminho de reintegração na sociedade e de restabelecimento de suas dignidades".

 

noticiasaominuto


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Qual rede social você mais usa?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor