Ceará
Após acumulado de 107mm
Chuvas fazem açude no Ceará sangrar pela primeira vez em 2018, segundo Cogerh
Compartilhar

Açude Caldeirões em Saboeiro atingiu a capacidade máxima de 1.130.000 metros cúbicos na manhã desta terça-feira (20) (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Por João Boaventura Neto
Em 20/02/2018 às 11:50
Publicidade

O açude Caldeirões em Saboeiro, na Região dos Inhamuns, atingiu a capacidade máxima de 1.130.000 metros cúbicos na manhã desta terça-feira (20). O reservatório é o primeiro açude monitorado pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) a sangrar em 2018.

De acordo com o órgão, o açude Caldeirões é o único que está com o volume de água maior que 100%.

Publicidade


Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o Caldeirões recebeu uma carga acumulada de 107 milímetros de chuva nos últimos sete dias. Carga que fez o reservatório transbordar e alegrar a população que publicou imagens da cheia em redes sociais.

No decorrer do dia, há nebulosidade variável previsão para chuva em todas as regiões do estado. Em Saboeiro, nas últimas 24 horas, segundos dados extraídos do Portal da Funceme, o boletim divulgado às  11h10 desta terça (20), regista chuva de 17.3mm.

Publicidade


Açude Caldeirões em Saboeiro atingiu a capacidade máxima de 1.130.000 metros cúbicos na manhã desta terça-feira (20) (Foto: Reprodução/Redes Sociais)


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você é a favor de leis mais rígidas sobre conservação do patrimônio histórico municipal?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor