Ceará
6 décadas de trabalho
Cearense é um dos padeiros mais antigos do Brasil: “sempre coloco a mão na massa”
Compartilhar

Padeiro de Ipueira faz pão há 68 anos (Foto: Reprodução/ Tribuna do Ceará)

Em 04/03/2018 às 11:15
Publicidade

Zé Camocim é um dos padeiros mais antigos do Brasil. Morador de Ipueiras, no interior do Ceará, ele mostra demonstra todo o amor pelo que faz. “Estou há 68 anos fazendo e vendendo pães, faço tudo no forno a lenha”, explica.

O trabalho começa ainda no dia anterior, por volta das 23h, e segue até as 11h. São, em média, 12 horas por dia na labuta. “Sempre coloco a mão na massa. Sou feliz por causa da freguesia que gosta de mim”.

Publicidade


O início foi em 1950, quando Zé Camocim tinha 15 anos. “Um padeiro que me ensinou. Ele morreu e me entregou tudo”, conta. Segundo revelou na entrevista, diariamente são feitos 3 mil pães, por ele e outros quatro funcionários. “É tudo manual”, orgulha-se.

Tribuna do Ceará


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você acha que deve haver leis mais duras para quem agride animais no Brasil?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor