Sábado
22 de Setembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Publicidade
Publicidade
6 décadas de trabalho

Cearense é um dos padeiros mais antigos do Brasil: “sempre coloco a mão na massa”

Em 04/03/2018 às 11:15
Compartilhar
Padeiro de Ipueira faz pão há 68 anos (Foto: Reprodução/ Tribuna do Ceará)

Zé Camocim é um dos padeiros mais antigos do Brasil. Morador de Ipueiras, no interior do Ceará, ele mostra demonstra todo o amor pelo que faz. “Estou há 68 anos fazendo e vendendo pães, faço tudo no forno a lenha”, explica.

O trabalho começa ainda no dia anterior, por volta das 23h, e segue até as 11h. São, em média, 12 horas por dia na labuta. “Sempre coloco a mão na massa. Sou feliz por causa da freguesia que gosta de mim”.

O início foi em 1950, quando Zé Camocim tinha 15 anos. “Um padeiro que me ensinou. Ele morreu e me entregou tudo”, conta. Segundo revelou na entrevista, diariamente são feitos 3 mil pães, por ele e outros quatro funcionários. “É tudo manual”, orgulha-se.

Tribuna do Ceará

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira