Quarta-feira
20 de Junho de 2018
Publicidade
Publicidade
Quarta-feira, 20 de Junho de 2018
Publicidade
Publicidade
Programa do Porchat

Demitido da Globo, William Waack escolhe a Record para dar primeira entrevista na TV

Em 05/03/2018 às 17:00
Compartilhar
William Waack no comando do Jornal da Globo, do qual foi afastado em novembro de 2017 (Foto: Reprodução/TV Globo)

Demitido da Globo em dezembro por causa de um comentário racista, William Waack voltará à TV na noite desta segunda-feira (5). O jornalista escolheu justamente a maior concorrente da Globo para fazer sua primeira aparição após quase quatro meses fora do ar. Será a atração de Fábio Porchat na estreia da temporada 2018 de seu talk show. A gravação ocorre nesta tarde.

Em apresentação do programa à imprensa, na semana passada, Porchat adiantou que sua estreia seria com um nome bombástico. Fez mistério, no entanto, sobre quem seria a pessoa misteriosa. Justificou que ainda precisava acertar alguns detalhes para a participação se concretizar _e, claro, não poderia correr o risco de ser atravessado pelos concorrentes.

No mesmo evento, o humorista disse que, apesar de promover algumas brincadeiras com seus entrevistados, o elemento principal de seu talk show é sempre a conversa. Isso deve valer com Waack, que já virou motivo de piada na própria Globo por nunca aparecer sorrindo.

Porchat revelou, porém, que não transformará seu programa em um papo-cabeça chato. "Não adianta eu tentar ser um entrevistador seríssimo, porque eu não sou assim. E o [Pedro] Bial já faz isso muito bem, ele é um puta jornalista, não vou bater de frente com ele nesse aspecto", justificou.

Waack não aparece na TV desde 8 de novembro, mesmo dia em vazou nas redes sociais um vídeo em que era flagrado fazendo uma ofensa racista. Na gravação, Waack aparece em Washington, onde estava para a cobertura das eleições presidenciais dos Estados Unidos, exatamente um ano antes. Ele se preparava para entrar no ar ao vivo quando um motorista passou na rua buzinando.

"Está buzinando por que, seu merda do cacete?", reclamou Waack. Em seguida, ele se virou para o comentarista Paulo Sotero, ao seu lado, e afirmou: "Deve ser um, com certeza, não vou nem falar de quem, eu sei quem é. Sabe o que é?". De acordo com peritos, foi possível constatar que o jornalista de fato usou a palavra "preto" de forma pejorativa.

Em um encontro realizado pelo jornal Folha de S.Paulo, há duas semanas, Waack revelou que assinou um acordo com a Globo que o proíbe de comentar seu desligamento da emissora. Ou seja, ele não poderá falar sobre o assunto na Record. "Qualquer que se refira de onde eu saí precisa de meu advogado por perto", justificou.

"Eu tinha um contrato de prestação de serviços e esse contrato, por decisão mútua, foi encerrado dentro de cláusulas mutuamente acordadas. Essa postura está espelhada em um comunicado final, assinado pelos dois lados. Mais do que isso não posso comentar", disse ele.

A rescisão do acordo entre Waack e Globo foi tornada pública em 22 de dezembro por meio do seguinte comunicado:

"​Em relação ao vídeo que circulou na internet a partir do dia 8 de novembro de 2017, William Waack reitera que nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais. Repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças. Pede desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem o seu respeito.

​A TV Globo e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham.

​A TV Globo reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV Globo e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração.

Ali Kamel, diretor de Jornalismo da TV Globo

William Waack, jornalista e apresentador de programas jornalísticos da TV Globo".

Fonte: Notícias da TV

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira