Polícia
Prisão preventiva
Exclusivo! Filho que matou o pai a tiros em Salitre já está na cadeia de Campos Sales
Compartilhar

Roberto se apresentou na terça e foi preso nesta quarta-feira (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Por Demontier Tenório
Em 08/03/2018 às 06:00
Publicidade

Um dia após se apresentar à Delegada de Polícia Civil de Araripe, Wanini Galiza Rizze Dias, o agricultor Roberto Moraes Pereira, de 29 anos, foi preso. Ele é réu confesso no assassinato do seu próprio pai e também agricultor Raimundo Miguel Pereira, de 73 anos, “Seu Mundinho”. O crime aconteceu no dia 1º de março na localidade onde a vítima morava com o filho no Sítio Lagoa da Areia em Salitre.

Cinco dias depois ele escolheu a Delegacia de Araripe para se apresentar com o seu advogado Luciano Veloso. No depoimento prestado, Roberto disse que tinha surtado quando atirou três vezes atingindo o pai na cabeça quando foi deixar o almoço do mesmo. Já existiam desconfianças do seu envolvimento no crime por uma série de circunstâncias e ele não sabia que a sua prisão preventiva já tinha sido solicitada.

Publicidade


Como livrou o flagrante e a decisão judicial ainda não tinha sido prolatada, Roberto foi ouvido e posto em liberdade. Todavia, permaneceu em Araripe supostamente por temer represálias dos próprios familiares. A Delegada Wanini Galiza quis saber sobre a arma usada no crime para juntar ao Inquérito Policial e ele apontou o local onde teria se desfeito da mesma.

Ontem, ela foi até o município de Salitre juntamente com o Inspetor Ferreira e uma patrulha da Polícia Militar de Araripe comandada pelo Sargento Bento em busca da arma e não encontraram. Nesse intervalo de tempo, a justiça determinou a prisão preventiva do agricultor e ele foi preso ainda em Araripe e recambiado à Cadeia Pública de Campos Sales, onde se encontra à disposição do poder judiciário.


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você acha que deve haver leis mais duras para quem agride animais no Brasil?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor