Quarta-feira
17 de Outubro de 2018
Publicidade
Publicidade
Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
Publicidade
Publicidade
Presidente da Câmara

Rodrigo Maia convoca deputados a retornar a Brasília

Em 27/05/2018 às 15:20
Compartilhar
Presidente da Câmara já havia anunciado que tentaria realizar uma sessão no início desta semana (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)

Diante da crise de desabastecimento em todo o país, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), enviou mensagem aos deputados neste domingo (27), cobrando que os parlamentares estejam em Brasília nesta segunda-feira (28).

É raro haver votações às segundas-feiras, mas, por causa do feriado de Corpus Christi, Maia já havia anunciado que tentaria realizar uma sessão no início desta semana.

Temer está em reunião com dez ministros neste domingo em busca de soluções para a crise.

"O Brasil passa por uma crise profunda. É fundamental que, neste momento, a Câmara dos Deputados esteja atenta e pronta para colaborar com soluções para os graves problemas enfrentados pelo país", diz Maia na mensagem.

"É indispensável que todas e todos, sem exceção, empenhem-se para estar em Brasília a partir de amanhã [segunda-feira]. Contamos com seu apoio para garantir plenas condições de deliberação durante os próximos dias", afirma o presidente da Câmara.

A aliados, o presidente Michel Temer tem se queixado da postura de Maia durante a crise.

Em busca de protagonismo, Maia juntou-se ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), e, juntos, eles anunciaram na segunda-feira (21) uma comissão para discutir a escalada de preços dos combustíveis.

Ao longo da semana, Maia fez críticas e cobranças ao Palácio do Planalto e incluiu no projeto de reoneração da folha de pagamento de alguns setores um artigo que zera as alíquotas de PIS e Cofins do diesel até o final do ano.

Baseado em um cálculo irreal de frustração de receitas, Maia fez a Câmara aprovar o texto, que agora está no Senado.

Depois de admitir o erro, Rodrigo Maia passou a cobrar que o governo zerasse as alíquotas de PIS/Cofins do diesel por conta própria.

Até o momento, o governo se comprometeu apenas com a isenção da Cide e com a redução temporária do preço do diesel.

NoticiasaoMinuto

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira