Quarta-feira
15 de Agosto de 2018
Publicidade
Publicidade
Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018
Publicidade
Publicidade
Saúde

Miopia: estudar demais pode desencadear a doença, revela pesquisa

Em 12/06/2018 às 17:10
Compartilhar
Pouco contato com a luz solar pode provocar miopia (Foto: Thinkstock)

Quanto mais uma pessoa estudar, maior será a necessidade de usar óculos, aponta estudo publicado no periódico British Medical Journal (BMJ). De acordo com a BBC, o artigo encontrou uma conexão entre o gene da miopia e os genes responsáveis pela predisposição para estudar.

Miopia e estudo

Os pesquisadores da Universidade de Bristol e da Universidade de Cardiff, ambas no Reino Unido, analisaram o DNA de 68.000 participantes e descobriram que as pessoas com o gene que as tornam mais predispostas para estudar tinham maiores risco de desenvolver miopia. No entanto, as pessoas com predisposição à doença não tinham maior probabilidade de estudar por mais tempo.

A pesquisa indica que pessoas que finalizam um curso universitário podem ter o grau de miopia aumentado, em comparação com quem parou de estudar aos 16 anos. Segundo os cientistas, apesar de pequeno, esse aumento pode exigir que o indivíduo necessite de óculos para dirigir, por exemplo. “Isso não significa que as pessoas devem parar de estudar. Obviamente, queremos que elas frequentem a escola, mas queremos estimular uma discussão sobre como educar melhor nossas crianças”, alertou no relatório Denize Atan, uma das pesquisadoras envolvidas no estudo.

Fatores ambientais e sociais

De acordo com o Science Daily, em um editorial, o professor Ian Morgan, da Universidade Nacional da Austrália, sugere que não são apenas genes, mas fatores ambientais e sociais que podem ter efeitos importantes na miopia. Isso porque pesquisas realizadas no Leste Asiático — onde há intensa pressão educacional desde cedo — indicam que ficar ao ar livre protege a visão, uma vez que a luz solar ajuda no desenvolvimento ocular, assim como previne a miopia.

Essas mesmas pesquisas mostraram que 50% das crianças asiáticas analisadas desenvolveram miopia até o fim da escola primária por causa das muitas horas de estudo e pouco tempo para brincar ao ar livre. Em análise comparativa com a Inglaterra, notou-se que menos de 10% das crianças britânicas tinham esse problema. “O início precoce permite mais tempo para a miopia progredir para uma miopia elevada e potencialmente patológica. Os sistemas educacionais devem mudar, a fim de ajudar a proteger a saúde visual das gerações futuras”, orientaram os pesquisadores.

Miopia

A miopia é um problema ocular em que o indivíduo consegue enxergar perfeitamente objetos próximos, mas quando estão mais afastados, eles ficam desfocados. Em casos mais graves, a miopia pode elevar o risco de deslocamento de retina e degeneração macular, que gera uma piora gradual da visão. Em ambos os casos, há o risco de cegueira.

Como apontado no estudo, a principal causa da doença está relacionada à genética, mas fatores externos também podem afetar a visão e provocar o problema, como a grande incidência de luz nos olhos, por exemplo. Por isso é sempre necessário manter a televisão, os smartphones e os computadores mais afastados dos olhos. 

O tratamento consiste no uso de óculos ou lentes de contato para corrigir a visão desfocada. Outra solução é a cirurgia corretiva da miopia, embora nem todas as pessoas estejam qualificadas para passar por esse procedimento.

No Brasil são registrados cerca de 2 milhões de casos de miopia por ano.

Fonte: Veja

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade


Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira