Sexta-feira
20 de Julho de 2018
Publicidade
Publicidade
Sexta-feira, 20 de Julho de 2018
Publicidade
Publicidade
Dinheiro falsificado

Exclusivo! Crediarista de Juazeiro é preso passando cédulas falsas em Assaré

Por Demontier Tenório
Em 11/07/2018 às 06:00
Compartilhar
Wagner foi preso em Assaré com cédulas falsas (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Um jovem que estaria praticando o derramamento de cédulas falsas no comércio de Assaré foi preso na tarde desta terça-feira por policiais militares do destacamento local. O crediarista Wagner Alves Pereira da Silva, de 26 anos, é natural de Juazeiro do Norte, mas reside no Alto da Bela Vista (Bairro Baixada) no município de Tarrafas. A polícia já tinha recebido várias denúncias anônimas, desde a noite de segunda-feira, informando que o mesmo estava exibindo várias cédulas de R$ 100,00 falsificadas.

Além disso, entregando algumas notas a mulheres para que estas "passassem" no comércio de Assaré. Ontem uma patrulha comandada pelo Sargento Bandeira com o apoio dos Soldados David e Barbosa passou a diligenciar quando o prenderam em flagrante a fim de responder por crime contra a fé publica. Logo cedo, o Sargento Bandeira já tinha sido procurado por uma comerciante se queixando ter recebido uma cédula falsa de R$ 100,00 passada por uma mulher.

Os policiais encontraram Wagner às 13h30min na Avenida Deputado Manoel Gonçalves, no bairro Parque de Vaquejada, com uma cédula de R$ 100,00 falsificada. Ele não soube explicar sobre a procedência daquele dinheiro e terminou levado à presença do Delegado de Polícia Civil de Assaré, Bruno Vital com as duas cédulas apreendidas. Depois, foi recambiado à cadeia pública de Araripe. Wagner já responde contravenção penal, crime de trânsito e prescrição culposa de drogas em Juazeiro.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira