Política
Senador
Casa luxuosa de Romário é penhorada para pagar dívida
Compartilhar

(Foto: Reprodução/ Terra)

Em 16/08/2018 às 13:45
Publicidade

A Justiça do Rio de Janeiro determinou, nesta quinta-feira (16), a penhora de uma casa do ex-jogador e senador Romário, candidato do Podemos ao governo do Estado, como garantia do pagamento de uma dívida de R$ 20 milhões.

 

Segundo matéria publicada pelo jornal O Globo, o imóvel fica em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca e custa R$ 6,4 milhões. Entre outros bens, também teriam sido penhorados R$ 4,8 milhões de um plano de previdência privada de Zoraidi de Souza Faria, irmã do senador e também ré no processo, carros de luxo e uma lancha.

 

“O dinheiro é meu, consegui com meu suor. O meu dinheiro dou para quem quiser. Dou para minha irmã, para minha mãe, para o meu irmão. Não tem R$ 1 de dinheiro público aí. Está tudo declarado no Imposto de Renda da minha mãe e da minha irmã”, informou o candidato ao jornal.

A casa, no entanto, não teria aparecido na lista de bens entregue pelo senador ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), embora tenha sido declarada por Zoraidi à Receita Federal. A antiga proprietária e um vizinho confirmaram que o imóvel pertence a Romário

Um relatório de maio do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão do Ministério da Fazenda, identificou indícios de lavagem de dinheiro em operações financeiras do senador, segundo a reportagem de “O Globo”. O documento aponta a suspeita de que ele administra a conta em nome da irmã com o “intuito de ocultar” a própria movimentação de recursos.

 

Sobre o plano de previdência de Zoraidi, a Justiça entendeu que os recursos são do próprio Romário, como parte da estratégia de ocultação do patrimônio para evitar o pagamento de dívidas. Em 2015 e 2016, Zoraidi recebeu R$ 10 milhões em empréstimos: R$ 4 milhões do senador e R$ 6 milhões da RSF, empresa cujos donos no papel são a mãe e o pai de Romário.

O candidato declarou à Justiça eleitoral um patrimônio de R$ 5,5 milhões — com a casa, os bens cresceriam em 116%. O senador também tem participações societárias, um apartamento e créditos de empréstimos —não está especificado quem são os devedores dos recursos.

Publicidade


Terra


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Por Felipe Azevedo
Por Felipe Azevedo
Venta forte em Brasília!
Em Política
Publicidade

Enquete
Você anda usa telefone fixo em casa?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor