Quarta-feira
21 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Quarta-feira, 21 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Pernambuco

Adolescente com deficiência é estuprada no Recife e vizinho é suspeito, diz polícia

Em 20/08/2018 às 18:35
Compartilhar
Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), na Zona Oeste do Recife, investiga o caso (Foto: Reprodução/Google Street View)

A Polícia Civil de Pernambuco investiga abusos sexuais cometidos contra uma adolescente com deficiência no bairro de Santo Amaro, na região central do Recife. Segundo a denúncia do Conselho Tutelar do Recife, a garota de 13 anos foi vítima de estupros e o suspeito é um vizinho da família. O caso foi denunciado na manhã desta segunda-feira (20).

De acordo com a polícia, o crime ocorreu pela última vez na sexta-feira (17). Ainda segundo a corporação, o vizinho, identificado apenas como Erivaldo, costumava chamar a adolescente para a casa dele, onde os abusos sexuais eram cometidos.



O conselheiro tutelar Tales Tiper informou ao G1 que o Conselho Tutelar do Recife soube do caso na noite do domingo (19) e foi procurado pela mãe da adolescente nesta segunda (20).

"Segundo a mãe, a adolescente contou para a irmã mais velha, que é maior de idade. E foi ela que alertou a mãe sobre o que estava acontecendo. A mãe não sabe especificar quanto tempo faz, em dias ou meses, mas sabe dizer que foram várias vezes, em vários momentos", afirmou o conselheiro tutelar.

A investigação fica a cargo do Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), localizado no bairro da Madalena, na Zona Oeste do Recife. No local, a adolescente foi atendida pelo setor de apoio técnico e encaminhada ao Instituto de Medicina Legal (IML), onde passou por um exame sexológico.

Fonte: G1 PE

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira