Economia e Negócios
Aposentadoria e pensão
533 mil perdem benefício do INSS por não provarem que estão vivos
Compartilhar

533 mil ficam sem aposentadoria e pensão por não provarem que estão vivos (Foto: Reprodução/Internet)

Em 28/08/2018 às 09:10
Publicidade

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) cortou o pagamento do benefício de 533 mil pessoas que não compareceram às agências neste ano para fazer a prova de vida. O procedimento deve ser feito obrigatoriamente todos os anos para todos que recebem os benefícios em conta-corrente, conta poupança ou cartão magnético.

Segundo o INSS, esse número representa apenas 1,5% do total de beneficiários – são 34,7 milhões de pessoas, ao todo.

Publicidade


O prazo para fazer a prova de vida se encerrou no fim de fevereiro. A prova de vida podia ser feita diretamente no banco em que o beneficiário recebe o pagamento, mediante apresentação de documento de identificação com foto.

O Maranhão foi o Estado com maior taxa de benefícios cortados por falta de comprovação de vida: 1,91%. Em seguida, aparecem o Ceará (1,85%) e Rio Grande do Norte (1,84%).

Publicidade


Fonte: Veja


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade
Por Felipe Azevedo
Por Felipe Azevedo
Venta forte em Brasília!
Em Política

Enquete
Você anda usa telefone fixo em casa?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor