Sábado
17 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Da corporação do RN

PM morre após passar mal durante treinamento em piscina na PB

Em 29/08/2018 às 17:20
Compartilhar
Policial militar foi levado para Hospital de Trauma de Campina Grande, mas já teria chegado à unidade de saúde sem vida (Foto: Reprodução/TV Paraíba)

Um policial militar do Rio Grande do Norte morreu na noite desta terça-feira (28) em Campina Grande. De acordo com o comandante do Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga (GEOsAC), major Wherick Lima, o PM foi socorrido para o hospital após passar mal durante um treinamento em uma piscina do curso de educação física no campus da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Inicialmente a polícia havia informado que a atividade ocorria em um clube no município de Pocinhos, no Agreste da Paraíba. O caso aconteceu por volta das 23h, no campus universitário em Bodocongó, quando o policial Pedro Enilson de Araújo, de 38 anos, estava dentro da piscina com outros policiais militares recebendo instruções de exercícios para aprimoramento do nado.



O comandante Wherick disse que, ao final do treinamento, na parte mais didática, o policial teria apresentado nervosismo para realizar um dos procedimentos.

Ainda segundo o comandante do GEOsAC, o instrutor do treinamento percebeu que Pedro Enísio não estava conseguindo fazer o exercício e forneceu uma bóia para que o policial pudesse ter apoio, mas o pm teria continuado com dificuldades. Em seguida, os outros policiais socorreram Pedro Enísio e levaram ele até a borda da piscina, onde já chegou desmaiado.

Ao ser retirado do local, os policiais militares fizeram os primeiros procedimentos em Pedro Enilson para tentar reanimá-lo, mas sem sucesso. O policial foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, que informou que ele já chegou morto à unidade de saúde.

O policial militar era da corporação do Rio Grande do Norte e fazia intercâmbio com o GEOsAC da Paraíba. Exames serão realizados para que seja descoberta a causa da morte.

O coronel Rodrigo Trigueiro, do batalhão de choque do Rio Grande do Norte, informou que o policial teve um mal súbito. O coronel teve acesso às imagens do treinamento e disse que no local havia toda estrutura para socorro. O policial pertence ao batalhão de choque do RN e estava no curso COSAC (Curso de Operações do Sertão em area de Caatinga).

Fonte: G1 PB

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira