Sexta-feira
21 de Setembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Em primeira instância

Icasa pode receber R$ 20 milhões da CBF após decisão judicial

Por João Boaventura Neto
Em 01/09/2018 às 10:20
Compartilhar
Time do Icasa que disputou a Série B do Campeonato Brasileiro em 2013 ficando em 5º lugar (Foto: Arquivo/Agência Miséria)

O Icasa venceu, em primeira instância, a ação ajuizada contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pode receber 20 milhões de reais de indenização. A informação é do radialista Delton Sá, do Programa Vale Esportes, da Rádio Vale FM 99,9, de Juazeiro do Norte.

De acordo com advogado George Ferrúcio, a justiça entendeu que o Icasa teve danos materiais, por não ter jogado a Série A do Brasileiro de 2014. Havia grande diferença financeira nos valores recebidos pelos clubes que disputavam a Série A, em comparação com a Série B.

Em 2013, o Icasa disputou a Série B do Brasileiro e ficou em quinto lugar, com 59 pontos. Um ponto a menos do que o Figueirense, quarto colocado no certame.

Já em de fevereiro de 2014, a diretoria do Verdão do Cariri entrou com uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pleiteando a vaga do Figueirense. A alegação é de que o volante Luan, do Figueirense, tinha sido escalado irregularmente na partida contra o América-MG, no dia 28 de maio de 2013.

De acordo com informações de bastidores, a CBF deve entrar em acordo com Icasa para não levar o processo adiante. Com isso, o time juazeirense deve receber uma quantia significante e assim começar a remontar a equipe para a temporada 2019.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira