Mundo
Notícias falsas nas redes sociais
Casal morre linchado no México após boatos sobre rapto de crianças
Compartilhar

Linchamento em Tula, no México (Foto: Reprodução/Twitter)

Em 02/09/2018 às 07:40
Publicidade

Moradores no município de Tula, no México, lincharam e atearam fogo em um casal a quem acusavam de ter raptado uma criança. Este foi o segundo linchamento baseado em boatos em apenas uma semana no país, segundo a Procuradoria-geral de Justiça do estado de Hidalgo. Ambos teriam sido motivados por notícias falsas circuladas nas redes sociais, de acordo com as autoridades.

A Procuradoria informou que o crime aconteceu na quinta-feira (30) na comunidade de Santa Ana Ahuehuepa, na cidade de Tula. Não há provas de que as vítimas do linchamento tenham cometido o crime pelo qual foram atacadas.

Publicidade


Os moradores acusaram o casal de tentar sequestrar um menor de idade e, logo em seguida, iniciaram os ataques. O homem morreu no local, e a mulher foi levada a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Na quarta-feira, cerca de 150 moradores de uma comunidade do estado de Puebla também lincharam e queimaram vivas dois homens por suposto sequestro de menores. Neste caso, a Procuradoria de Puebla descartou que as vítimas “tivessem participado de algum crime” e afirmou que “trabalhavam como agricultores”.

Publicidade


A Procuradoria de Hidalgo, junto com outras procuradorias estaduais, alertaram que durante esta semana estão sendo divulgadas mensagens falsas pelas redes sociais sobre quadrilhas de sequestradores e traficantes de órgãos.

“Por meio das redes sociais, circulam informações falsas sobre crimes contra menores de idade na nossa entidade. Não se assuste, informe-se!”, advertiu a Procuradoria de Hidalgo no Twitter.

Fonte: G1


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você ainda usa telefone fixo em casa?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor