Sexta-feira
16 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Mechas acima de 15 cm

Espaço Lúcia Melo continua parceria com o Projeto Amor em Mechas

Por Ana Lima
Em 11/09/2018 às 13:50
Compartilhar
Lucineide Kelly Silva Araújo doando cabelo para o projeto amor em Mechas (Foto: Ana Lima/Agencia Miséria)

A Auxiliar contábil, Lucineide Kelly Silva Araújo  tomou conhecimento do projeto Amor em mechas através da tia do próprio  filho e resolveu procurar o Espaço Lúcia Melo, para fazer um corte de cabelo e também a doação. Ela explicou, "nem sempre eu corto o cabelo, mas quando eu corto eu gosto de cortar pra mudar. Aparar a pontinha pra mim não tem lógica. Da ultima vez que eu cortei tava maior que isso, e eu cortei bem curto. Aí eu já tava com vontade de mudar e agora vou poder ajudar alguém que precisa do cabelo".

Assim como Lucineide, qualquer pessoa com qualquer tipo de cabelo, natural ou quimicamente tratado, está apto a doar desde que tenha a partir de 15 cm de comprimento.



O Amor em Mechas recebe as doações coletadas pelos parceiros na região, como o Espaço Lúcia Melo, e envia para a fábrica de perucas Vitória Regia, em São Paulo. De lá, são entregues em todo o Brasil através das madrinhas.

O projeto que começou em São Paulo e funciona há um ano, já entregou  mais de 150 perucas na região do Cariri. Na noite da última segunda-feira, 10, beneficiou Erivanda Medeiros, que passa por quimioterapia para tratar a recidiva de um câncer de mama que já lhe fez perdeu parte do cabelo.

Erivanda recebeu a peruca das mãos da Mariluce Souza, Madrinha do projeto na Região do Cariri. Ela mostrou-se feliz com o presente, ”gostei”, é ótima! Nunca pensei que alguém me desse uma peruca porque a bicha é Caran né!

A peruca faz parte de um kit composto também por batom, lenço, esponja para banho e colar de pérolas, que é a marca do projeto.

Mariluce que  decidiu fazer parte do projeto depois que acompanhou um tratamento de câncer na nora dela, revelou os seus sentimentos em cada entrega, "É emocionante entregar uma peruca. No começo eu chorava muito,  vendo uma mulher com a autoestima abalada e ganhar ânimo para continuar lutando contra o câncer, quando recebia uma peruca!". E acrescentou, “tem mulher  bota a peruca de manhã e só tira à noite".

Podem solicitar perucas, mulheres que tiveram queda de cabelo provocada por Alopecia ou quimioterapia. Informações através do telefone (88) 9 8816 0470.lu

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira