Domingo
18 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Com bandeira vermelha

Conta de luz deve se manter mais cara até o fim do ano, diz diretor do ONS

Em 14/09/2018 às 07:50
Compartilhar
Segundo diretor geral da ONS, não há risco do desabastecimento de energia elétrica (Foto: iStockphoto/Getty Images)

O diretor geral do Operador Nacional do Sistema (ONS), Luiz Eduardo Barata, disse, ontem (13), que até o fim do ano a bandeira vermelha do setor elétrico continuará acionada, mesmo com o início do período chuvoso em novembro, porque seria temerário desligar as termelétricas em um momento de escassez hídrica. A bandeira vermelha é acionada quando é preciso ligar usinas termelétricas mais caras, por causa da falta de chuvas. "Até porque para as distribuidoras também seria temerário, por conta dos custos com os combustíveis", destacou o executivo sobre a cobrança adicional nas contas de luz.

Ele participou do seminário "O futuro do Setor Elétrico Brasileiro: Desafios e Oportunidades", promovido pela Fundação Comitê de Gestão Empresarial (COGE) e a Associação Brasileira de Companhias de Energia Elétrica (ABCE).



Abastecimento garantido

Luiz Eduardo Barata afastou qualquer tipo de problema de abastecimento de energia elétrica no País, mesmo com a chegada do verão, já que o acionamento das usinas termelétricas para poupar os reservatórios das hidrelétricas é suficientes para atender à demanda.

O seminário reuniu representantes das principais entidades do setor elétrico e pretende apresentar propostas aos candidatos à presidência da República.

Segundo o presidente interino da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Thiago Barral, a consolidação das termelétricas como base da geração do sistema elétrico é um dos pontos que deverão ser levados ao novo comando do setor no Brasil.

Fonte: Diário do Nordeste

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira