Cariri
Interditada
Reforma da Praça da Alegria muda rotina e causa transtornos aos moradores do bairro Novo Juazeiro
Compartilhar

Obra está prevista para ser entregue em novembro (Foto: Felipe Azevedo/Agência Miséria)

Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Em 11/10/2018 às 11:00
Publicidade

No Novo Juazeiro, um dos bairros em ascensão em Juazeiro do Norte, a reforma da praça Industrial Aderson Borges de Carvalho, mudou a rotina de centenas de pessoas que há seis meses não têm mais a opção para praticar exercícios físicos. Veja galeria ao fim da matéria.

Sob a justificativa de revitalizar o espaço investindo cerca de R$ 351 mil, a prefeitura cercou a conhecida Praça da Alegria com tapumes de madeira e transformou o lugar em um canteiro de obras. Com isso, as pessoas que todos os dias faziam caminhada ali, ficaram órfãs.

Publicidade


No local não há placa de início nem de término da obra, mas a gestão diz que até novembro as atividades estarão encerradas e a praça reaberta. Não é o que acredita dona Maria do Socorro, 51, uma comerciante que afirma ter perdido pelo menos metade da clientela após o início das obras.

Com tapumes quebrados, obra fica exposta durante todo o dia (Foto: Felipe Azevedo/Agência Miséria)


Rotina

Publicidade


O representante comercial Adélio de Alencar, 45, diz que por cinco anos fez caminhadas junto com a esposa e um dos filhos em volta da praça. Após a interdição, a rotina foi quebrada e a família teve de encontrar outro local para praticar exercício.

"Entendo que a prefeitura esteja melhorando o espaço, mas não acredito que tratava-se de uma reforma urgente e tão demorada, já que mudou o cotidiano de diversas pessoas no bairro", comentou.

Comércio

Ela tem um pequeno box, vende comida ao lado da praça e diz que a maioria dos clientes eram as pessoas que todos os dias faziam exercício por ali. "Água de coco e  mineral eu já não compro mais, porque não vende", desabafa. Ela também reduziu o horário e agora fecha mais cedo.

A comerciante paga cerca de R$ 60,00 por mês à Secretaria de Meio Ambiente e anualmente precisa renovar o alvará pra continuar trabalhando no local.

No local

O Miséria esteve na tarde desta quarta (10), na Praça da Alegria. cerca de 10 homens trabalhavam na obra no momento em que as fotos foram tiradas, às 15h30. Os tapumes estão retorcidos e parte deles quebrados, o que dá acesso facilitado à obra.

De acordo com a prefeitura, entre as melhorias, estão troca de meio fio, alambrado no campo de futebol, grama nos canteiros, colocação de ladrilhos hidráulicos, novos postes, gradil para o parquinho e novos bancos.

A reforma da Praça da Alegria faz parte de uma série de projetos para revitalização e construção de novas praças em Juazeiro do Norte. Entre as reformadas estão a Desembargador Juvêncio Santana, conhecida como Praça do Memorial, e a praça do conjunto Minha Casa Minha Vida São Sebastião I, no bairro Betolândia.

Veja galeria

Reforma da Praça da Alegria muda rotina e causa transtornos aos moradores do bairro Novo Juazeiro


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você acha que deve haver leis mais duras para quem agride animais no Brasil?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor