Política
Férias forçadas
Em Paris, Ciro Gomes afirma estar cansado e que o PT errou ao escolher Haddad, diz colunista
Compartilhar

Ciro está na Europa desde que perdeu o 2º turno das eleições (Foto: Reprodução)

Por Felipe Azevedo/ Agência Miséria
Em 22/10/2018 às 15:00
Publicidade

Um encontro de Ciro Gomes com uma professora em Paris, na França, foi a primeira fala do presidenciável do PDT derrotado no primeiro turno das eleições.

Após declarar apoio crítico a Fernando Haddad (PT), Ciro cumpre um espécie de exílio europeu e só deve voltar ao Brasil pouco tempo antes do domingo, 28.

Publicidade


De acordo com a colunista da Folha de S. Paulo, Mônica Bérgamo, a professora brasileira Érika Campelo encontrou com Ciro e a esposa em uma estação de metrô em Paris. Ela o questionou por que ele não está no Brasil.

De acordo com a colunista, Ciro afirmou estar cansado e que está trabalhando há três anos. "O Brasil está doente", teria dito o ex-candidato, que também disse que a esquerda deveria ter debatido mais para a escolha do candidato na disputa com Bolsonaro.


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você acredita no bom desempenho do Guarani e do Barbalha no Campeonato Cearense Série A?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor