Cariri
De 22 a 26 de outubro
Afetividade e convivência no âmbito familiar; tema da 1ª Semana do Bebê, em Juazeiro
Compartilhar

Afetividade e convivência no âmbito familiar; tema da 1ª Semana do Bebê, em Juazeiro (Foto: Reprodução/Ascom)

Por João Boaventura Neto
Em 23/10/2018 às 12:30
Publicidade

Aberta nessa segunda-feira (22) a primeira edição da Semana do Bebê, em Juazeiro do Norte, com o tema “Afetividade e convivência no âmbito familiar”. Esta é uma iniciativa nacionalmente apoiada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância – Unicef.

A ação acontece em diversos municípios do país, com o objetivo de incentivar a reflexão e avaliação das condições sociais, educacionais e de saúde oferecidas às crianças, para assim melhorar estes serviços.

Publicidade


A abertura contou com apresentações artísticas do grupo de dança formado por alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental José Marrocos e com a palestra “A importância da afetividade e convivência no âmbito familiar”, ministrada pela médica Sulley Teixeira, da equipe de Estratégia Saúde da Família 29 (ESF 29).

A mesa de abertura foi composta pela secretária de saúde, Francimones Albuquerque, pela secretária de educação, Maria Loureto Lima, pelo secretário de Desenvolvimento Social e Trabalho e articulador do Selo Unicef no Município, Sandoval Barreto, e pela representante do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA), Vitória Naiane.

Publicidade


Secretária Francimones agradeceu o empenho dos profissionais envolvidos na realização da Semana (Foto: Reprodução/Ascom)


A secretária Francimones agradeceu o empenho dos profissionais envolvidos na realização da Semana, ressaltando a importância da intersetorialidade para as atividades que irão acontecer.

“Todas as nossas Unidades Básicas de Saúde estarão trabalhando esse tema com as gestantes, com as crianças e com os familiares. Amanhã no Hospital São Lucas vai ser entregue a chave da cidade ao primeiro bebê que nasceu hoje de parto normal”, destacou.

É na primeira infância que o ser humano desenvolve suas capacidades cognitivas, motoras, socioafetivas e de linguagem. O investimento nesse período garante à criança, além de todos os direitos definidos em lei, o direito de ser saudável, viver em segurança e no aconchego familiar. Esses direitos são assegurados por meio de políticas públicas.


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você acredita no bom desempenho do Guarani e do Barbalha no Campeonato Cearense Série A?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor