Ceará
Açudes
Com cenário de chuvas ainda indefinido, situação hídrica no Ceará preocupa
Em 06/12/2018 às 09:15

Castanhão está com volume bem abaixo da capacidade (Foto: Reprodução/ Tribuna do Ceará)

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
Compartilhar

No Ceará, o período chuvoso se concentra entre os meses de fevereiro e maio. Antes e depois desse período, são as chuvas fora da estação. Até agora, não existe definição se as precipitações serão boas em 2019.

Com um cenário de chuvas indefinido para o próximo ano, a situação hídrica cearense preocupa. A maiorias dos reservatórios está com volume de água bem abaixo da capacidade de armazenamento.

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
A situação hídrica do estado não é confortável, apesar de um pouco melhor em relação ao mesmo período do ano passado, quando os reservatórios cearenses estavam com 7,14% de água. Os 155 açudes monitorados pela Cogerh estão com 11,2% da capacidade total de armazenamento.

A maioria, 101 reservatórios, acumula menos de 30% de água. O Orós tem 6,1% da capacidade de água. O cenário é ainda mais complicado no Castanhão, que está com 4,8% de armazenamento, acumulando 322 milhões de m³ de água.
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
Na Região Metropolitana, o nível de armazenamento chegou a 22,6% da capacidade. Uma das soluções para aumentar a segurança hídrica seria a conclusão do Projeto de Transposição do São Francisco. A água estava prevista para chegar ao estado este ano, mas a data foi adiada para 2019.

Tribuna do Ceará

Publicidade
Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Você se sente seguro em sala de aula?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor