Esporte
Evento
Caos na segurança pública em Fortaleza ameaça realização do UFC
Ultimate vai desembarcar no estado cearense pela segunda vez no dia 2 de fevereiro, em resposta, governo promete reforço na segurança para evento em Fortaleza
Em 12/01/2019 às 08:50

Centro de Formação Olímpica do Nordeste, em Fortaleza, será palco do evento no dia 2 (Foto: Reprodução/ Terra)

Compartilhar

O estado do Ceará, palco da primeira edição do UFC em 2019 no Brasil, vem enfrentando uma série de problemas na segurança pública neste mês de janeiro. A TATAME entrou em contato com Rogério Pinheiro Nogueira, atual Secretario de Esporte e Juventude (Sejuv) do estado cearense. Por intermédio da assessoria de imprensa, o Secretário garantiu que o fato da Força Nacional ocupar parte do Centro de Formação Olímpica - local do UFC Fight Night 144 - não afetará a realização da segunda edição do UFC Fortaleza.

- A Força Nacional ocupa uma determinada área do Centro de Formação Olímpica (CFO), o que não afeta a realização do UFC que está previsto para acontecer no ginásio principal do equipamento. Se necessário, haverá uma adequação na utilização do complexo - garantiu.

De acordo com pessoas ouvidas pela TATAME, que estão ligadas a realização do UFC Fortaleza e ao governo cearense, a segurança ao redor do evento, no dia 2 de fevereiro, será dobrada no raio de 5km. A estratégia foi anunciada nesta semana em uma reunião.

Já em relação ao UFC, ouvimos fontes próximas que garantiram o monitoramento da organização a respeito da situação no estado do Ceará. No entanto, a franquia comandada por Dana White não cogita "mudar", "cancelar" ou "remarcar" a edição.

Problemas de segurança no Ceará

Desde o 2 de janeiro, criminosos estão realizando diversos ataques contra veículos, delegacias, viadutos, prédios públicos e comércios em mais de 40 municípios do estado cearense. Os atos são uma represália à ação do governo em relação ao sistema prisional.

Assalto a equipe do UFC no Rio

No UFC 224, realizado em maio de 2018, um grupo de funcionários do UFC foi assaltado em um quiosque na praia da Barra da Tijuca, Zone Oeste do Rio de Janeiro, em frente ao hotel onde dirigentes e lutadores que fazem parte do Ultimate. Três bandidos armados executaram a ação contra 20 pessoas presentes no bar, entre elas dirigentes antigos do UFC, membros da assessoria de imprensa e até o dono do quiosque na beira da praia.

Por Yago Rédua/ Terra

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Qual imagem do Nordeste o presidente Bolsonaro apresenta para o Brasil? Comente.

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor