Polícia
Homicídios no Cariri
Acusado de matar dois em Barbalha foi assassinado a tiros e mais um jovem é morto em Penaforte
Compartilhar

Acusado de matar dois em Barbalha foi assassinado a tiros e mais um jovem é morto em Penaforte (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

Por Demontier Tenório
Em 11/02/2019 às 09:05
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dois homicídios foram registrados num curto intervalo de meia hora na noite deste domingo nos municípios de Barbalha e Peanforte. Por volta das 18h30min, na Avenida Perimetral Leste (Bairro Bela Vista) em Barbalha, Jarbas Gilson Januário, de 37 anos, foi lesionado com vários tiros e morreu uma hora depois no Hospital São Vicente de Paulo, onde foi submetido a uma cirurgia e sofreu parada cardíaca. Ele morou na Avenida Gustavo Barroso (Bairro Cirolandia) e foi dono da Padaria Vitória.

No dia 29 de junho de 2005 o mesmo foi ameaçado e lesionado a tiros em Jardim por Vicente da Silva Januário, enquanto, no dia 5 de novembro de 2011, se feriu acidentalmente no pulso esquerdo ao manusear uma espingarda artesanal no interior de sua casa Jarbas terminou socorrido por populares ao Hospital São Vicente e policiais militares estiveram em sua residência apreendendo a espingarda tipo socadeira.

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
Em julho de 2012 foi preso com arma de fogo e, em agosto daquele ano, terminou lesionado a tiros por Telito Filgueira Sampaio e um menor de 17 anos em Barbalha. Já no dia 31 de dezembro de 2017 efetuou disparos na Avenida Luiz Gonzaga perto da Igreja de Nossa Senhora Aparecida (Malvinas) em Barbalha, matando o crediarista Luiz Sérgio Teles Diniz, de 38 anos, e ferindo seu cunhado José Carlos Félix, de 40 anos, que seria o alvo e este morreu no último dia 8 de março no Hospital São Vicente.

PENAFORTE – Por volta das 20 horas ainda deste domingo mais um homicídio ocorreu em Penaforte. O jovem Henrique de Oliveira Sales, de 27 anos, foi baleado perto de sua casa situada próximo à BR-116 por dois homens numa moto. Ele já tinha efetuado disparos em via pública após briga e ameaça contra sua vizinha Dayane Maria de Souza. Além disso, respondia outro procedimento, desde 2010, o qual tramitava em segredo de justiça.
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
No último dia 30 de janeiro um homicídio já tinha acontecido em Penaforte quando o eletricista Romulo Belarmino dos Santos, de 49 anos, que residia na Rua Manoel Gonçalves de Souza, foi morto a tiros no pátio do posto de combustível Lima Marques às margens da BR-116. A polícia diligenciou e prendeu os acusados com a arma usada no crime no caso o pedreiro Leonardo Francisco Antonio, de 27 anos, que mora em Juazeiro (BA) e o mecânico Luan Manoel Antonio, de 19 anos, residente em Penaforte.

Publicidade
Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Na sua opinião, qual deputado com raízes no Cariri está se saindo melhor?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor